Facebook copia Snapchat e testa recurso de 'atualizações rápidas'

Por Redação | 21 de Julho de 2016 às 20h40

Mesmo depois do fracasso do Slingshot em 2014, o Facebook parece não querer desistir de oferecer aos seus usuários ferramentas semelhantes ao Snapchat. De acordo com informações liberadas pela imprensa internacional nesta quinta-feira (21), a rede social está testando um recurso chamado de "quick updates", ou "atualizações rápidas".

Alguns usuários já estão participando da versão de testes. Segundo eles, da mesma forma que acontece no Snapchat, em 24 horas o post é arquivado e simplesmente desaparece do feed de notícias e do perfil do responsável pela publicação. Provavelmente a ideia da gigante de Mark Zuckerberg é estimular o compartilhamento de mais conteúdos pessoais, que estão ganhando maior força no Instagram e no próprio Snapchat.

Para as pessoas que têm o recurso disponível, aparece um smiley no canto superior direito do aplicativo. Ali é possível criar um novo "snap" ou selecionar uma imagem já existente. Vale dizer que a ferramenta não disponibiliza filtros como o Snapchat, mas é possível adicionar legendas e emojis. Também é permitido selecionar os amigos que podem ter acesso às atualizações, ou enviá-las diretamente para os usuários escolhidos.

Facebook

Uma das principais críticas feitas ao Facebook é que a rede social tem sido lenta em se adaptar às formas como as pessoas compartilham conteúdos atualmente. Seus recursos de vídeo, por exemplo, perdem em funcionalidade para outras plataformas. Apesar do Facebook Live, que permite a transmissão de vídeos em tempo real, muitos usuários reclamam da falta de ferramentas de expressão criativa da rede.

Outro ponto que alguns especialistas têm ressaltado, é que recursos como as "atualizações rápidas" permitem que os usuários sejam mais autênticos e acabam compartilhando conteúdos de forma mais impulsiva. Isso acontece porque ao compartilhar algo permanente, o usuário deve lidar com possíveis julgamentos, mas a partir do momento em que há a possibilidade da postagem simplesmente desaparecer, abrem-se portas para um maior envolvimento e genuinidade.

Fonte: TechCrunch

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!