Facebook compra app MSQRD, que adiciona máscaras em selfies e troca rostos

Por Redação | 09 de Março de 2016 às 15h25

Um dos aplicativos mais comentados deste início de ano, o MSQRD adiciona máscaras em suas selfies e troca seu rosto com o de um amigo ou animal. Basta mirar a câmera em seu rosto e escolher um dos vários filtros oferecidos pelo app e então postar o resultado em suas redes sociais. O sucesso do produto criado pela startup bielorrussa Masquerade foi tamanho que ele chamou atenção de muita gente e acaba de ser adquirido pelo Facebook.

Em uma postagem no blog oficial da Masquerade, a companhia anuncia que está se juntando à empresa de Mark Zuckerberg. “A comunicação em vídeo está bombando. Na Masquerade, nós trabalhamos duro para tornar os vídeos mais divertidos e atraentes ao criar filtros que incrementam ou alteram a sua aparência”, informa o presidente Eugene Nevgen. “Agora, estamos entusiasmados em unir forças com o Facebook e levar esta tecnologia para ainda mais pessoas.”

Acirrando a disputa com o Snapchat?

O MSQRD oferece filtros para autorretratos da mesma maneira que o Snapchat, a rede social das fotos e vídeos temporários, também faz. Assim, é possível acreditar que o Facebook se move a fim de oferecer em sua própria plataforma alguns serviços que fazem bastante sucesso no rival. Além disso, recentemente, o Snapchat comprou a empresa Looksery, que permitiu a ampliação da quantidade de filtros oferecidos no aplicativo.

Aos poucos, o Facebook vem ampliando as suas ferramentas de foto e vídeo, oferecendo mais recursos como editor de imagens embutido e sugestão de vídeos relacionados. Em breve, os filtros dos MSQRD vão dar as caras também na maior rede social do mundo. O presidente da Masquerade tratou de alertar aos usuários que o aplicativo continuará funcionando normalmente, sugerindo que a companhia de Zuckerberg irá manter o app disponível também de maneira independente da rede social — quem sabe ele assuma o posto deixado pelo Slingshot, o rival para o Snapchat criado pelo Facebook, mas que não vingou.

Fonte: Masquerade

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.