Facebook começa a testar notícias pagas no Instant Articles

Por Redação | 20 de Outubro de 2017 às 10h18
Tudo sobre

Facebook

O Facebook inicia nas próximas semanas testes em modelos de assinaturas dos veículos de mídia no Instant Articles. Os testes acontecerão nos Estados Unidos e na Europa e fazem parte dos esforços da rede social no Projeto Facebook para Jornalismo, que conta com o apoio de meios de comunicação para a criação de produtos que possam atender às suas necessidades e objetivos na plataforma.

Durante os testes, os veículos terão controle total sobre os preços, ofertas e processos de pagamento. Toda a receita oriunda das assinaturas será destinada aos veículos e a posse dos dados dos assinantes também será exclusiva deles. O Facebook testará, adicionalmente, outros formatos para auxiliar os veículos a oferecerem suas assinaturas para as pessoas antes que elas cheguem ao paywall. Para isso, a rede social utilizará unidades de CTA (Call-to-Action) nos Instant Articles para facilitar a chamada dos leitores a assinar o veículo.

A relação entre editor e assinante continuará funcionando da mesma forma como atualmente. Isso significa que as assinaturas no Instant Articles permitirão que os assinantes tenham acesso total ao site e ao conteúdo no Facebook e nos aplicativos do editor. Além disso, alguém que já é assinante de uma publicação durante os testes do Instant Articles continuará com acesso total aos artigos da editora.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O Facebook afirmou ainda que está investindo no Instant Articles porque os dados mostram que os usuários preferem a experiência de leitura móvel mais rápida, o que gera mais tráfego e engajamento para os editores. Em termos de investimentos em melhorias no sistema de anúncios, a rede social revelou que apenas neste ano a receita média por página cresceu mais de 50%, sendo que o serviço paga mais de US$ 1 milhão por dia aos editores através da Audience Network.

Ainda de acordo com a rede social, os testes serão utilizados para observar como as pessoas respondem à experiência e têm como objetivo aprender e analisar, em conjunto com os parceiros, quais as mudanças necessárias para oferecer o melhor modelo aos assinantes e editores. Com o tempo, os testes também serão expandidos para mais parceiros.

Fonte: Facebook

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.