Facebook apresenta seus novos avatares de VR e eles são reais até demais

Por Ares Saturno | 02 de Maio de 2018 às 18h00
Reprodução
Tudo sobre

Facebook

Durante o segundo dia da F8, conferência do Facebook para desenvolvedores, as fronteiras entre o real e o digital ficaram confusas após a apresentação dos novos avatares de realidade virtual desenvolvidos pela empresa. Utilizando tecnologias fotorreceptoras aliadas à realidade virtual, as imagens criadas digitalmente são tão semelhantes a como as pessoas se parecem na vida real que a apresentação gerou uma sensação de espanto em alguns dos presentes.

Esse sentimento de repulsa quando alguma representação humana, seja robótica ou mesmo em animações 3D, se torna muito próxima da imagem de pessoas reais, tem sido amplamente estudado e é conhecido como "uncanny valley", ou "vale da estranheza", em tradução livre. Há uma curva que delimita quão confortáveis os seres humanos se sentem frente a uma criação que representa não apenas outros humanos, mas qualquer ser orgânico.

As novidades apresentadas pelo Facebook parecem ter atingido esse vale de estranheza, dada a imensa semelhança com rostos reais. As imagens que a empresa usa hoje, disponíveis no Facebook Spaces, ainda em testes, mais se assemelham a desenhos animados. Na imagem abaixo é possível ver uma evolução ao longo do tempo nas tecnologias de realidade virtual utilizadas pela empresa para fazer seus avatares:

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

As mudanças nos avatares de RV do Facebook ao longo do tempo (Foto: Divulgação / Facebook)

Abaixo você pode ver os avatares que o Facebook utiliza atualmente no Spaces, disponível apenas para tecnologias VR e em caráter de testes, ao lado das pessoas que serviram como modelo:

O Facebook optou por desenhos animados para evitar o desconforto dos usuários (Imagem: Divulgação / Facebook)

Quando os avatares antigos foram apresentados ao público, em julho de 2017, foi dito que o Facebook optou por assemelhar as animações digitais aos desenhos animados para evitar o efeito do vale da estranheza. Entretanto, parece que a empresa mudou de ideia e agora vai investir em se aproximar o máximo possível do que nós parecemos na vida real, como pode ser visto na imagem abaixo:

Os novos avatares, no centro da imagem, são apresentados ao público da F8 (Foto: Divulgação / Facebook)

Fonte: Mashable

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.