Facebook anuncia Social VR e leva realidade virtual para comunicação diária

Por Redação | 22 de Fevereiro de 2016 às 09h37
TUDO SOBRE

Facebook

O Facebook está realmente empolgado com a realidade virtual. Além de ter adquirido a Oculus VR e o próprio Mark Zuckerberg ter aparecido durante a conferência da Samsung durante a MWC 2016 para anunciar a câmera da sul-coreana que grava em 360º, eis que a rede social dá outro grande passo em relação à tecnologia e nos modos como poderemos usá-la para quebrar barreiras. Trata-se do Social VR, um recurso que chega exatamente para dar uma nova roupagem à comunicação digital.

Em seu blog oficial, a empresa explica um pouco do conceito, descrevendo a novidade como uma maneira de ajudar as pessoas a se conectarem. Basicamente, a ideia é fazer com que você enxergue seu amigo bem à sua frente, por mais que ele esteja a quilômetros de distância. É um novo passo em relação àquilo que o FaceTime e o Skype já fazem e, de certo modo, algo bem próximo daquilo que a ficção científica nos mostrou.

O curioso é que a equipe responsável pelo Social VR está sendo liderada por dois veteranos no mundo dos games. Mike Booth, por exemplo, é o criador da série Left 4 Dead, enquanto Daniel James trabalhou com o jogo online Puzzle Pirates. No entanto, a dupla já está na Oculus há algum tempo e vai ajudar o Facebook a usar a realidade virtual para este novo fim. Apesar de ser estranho ver esse currículo sendo usado em algo social, é possível dizer que essa interação virtual que Zuckerberg planeja nada mais é do que uma evolução daquilo que Second Life nos apresentou no passado.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Zuckerberg VR

Só que toda essa história revela uma ironia enorme, principalmente quando voltamos ao evento da Samsung em que o fundador da rede social compareceu. A imagem divulgada pelo próprio Zuckerberg mostra muito bem o quão estranha é essa ideia de socializar com a realidade virtual: na foto, temos centenas de pessoas com o Gear VR na frente dos olhos e alheios a tudo aquilo à sua volta, incluindo a presença do próprio bilionário. É algo que depõe contra o próprio conceito do Social VR. Tudo bem que a ideia da novidade é ultrapassar fronteiras e aproximar a comunicação, mas não há como não estranhar o que foi presenciado durante a MWC.

Tanto que não demorou para que muita gente começasse a brincar com a situação, dizendo que Mark Zuckerberg seria o verdadeiro responsável pela criação da Matrix: um mundo virtual em que as pessoas viveriam aquilo que elas consideram ideal, permanecendo completamente alheias ao mundo exterior. E, acima de tudo isso, alguém comanda tudo.

Fonte: Facebook, Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.