Facebook adere abaixo-assinado contra a suspensão do WhatsApp

Por Redação | 03.05.2016 às 11:30

Sabe aquelas petições que volta e meia aparecem tentando mudar algo sempre que algum assunto polêmico vem à tona? Pois o próprio Facebook decidiu apelar para algo assim na tentativa de suspender o bloqueio que impede o funcionamento do WhatsApp no Brasil desde a tarde desta segunda-feira (02).

Em seu perfil oficial na rede social, a empresa compartilhou um abaixo-assinado criado pelo Instituto de Tecnologia & Sociedade do Rio (ITS Rio) na plataforma Change para pressionar o Poder Judiciário a derrubar a suspensão ao serviço de mensagens. “O WhatsApp foi temporariamente bloqueado no Brasil. Faça com que sua voz seja ouvida e peça ao Congresso que proteja o seu direito de comunicar-se livremente”, diz a companhia em sua publicação.

O link foi compartilhado há cerca de nove horas e já conta com mais de 6,5 mil reações. E, mais do que isso, a página ainda está respondendo comentários de usuários, seja agradecendo mensagens de apoio à causa ou mesmo se solidarizando com quem acabou sendo prejudicado com o bloqueio.

A petição do ITS Rio espera conseguir 25 mil assinaturas e, até o fim da manhã desta terça-feira, já havia conseguido mais de 15,7 mil. Entre os seus principais argumentos contra a decisão judicial, o grupo alega que a interrupção do serviço é ilegal e fere tanto a Constituição quanto o Marco Civil da Internet, além de abrir precedente para bloqueio de outros serviços, o que seria caracterizado como censura. Assim, o abaixo-assinado é uma forma de mostrar às autoridades responsáveis que a população quer uma internet livre.

Via: Facebook