Facebook domina mercado de aplicativos em 2015

Por Redação | 20 de Dezembro de 2015 às 11h13
photo_camera Associated Press

Se a estratégia mobile é um dos pontos-chave do Facebook no momento, Mark Zuckerberg e sua turma têm motivos para sorrir. O aplicativo que dá acesso à rede social nos celulares e tablets continua, por mais um ano, como o software mais baixado do mundo. Ele, inclusive, registrou crescimento de 8% em 2015, chegando a 126,7 milhões de usuários únicos por mês.

Enquanto isso, outra solução da companhia também liderou a lista dos softwares com crescimento mais rápido. Em 2015, o Facebook Messenger foi o aplicativo a mais velozmente acumular usuários, com um aumento de 31% em sua base em relação ao que era registrado no final de 2015.

Os números são bem mais baixos que os vistos em 2014, mas nem mesmo seria possível repeti-los. Em meados do ano passado, o Facebook decidiu separar o mensageiro de seu aplicativo de acesso à rede social, o que gerou um aumento de 242% em seu total de usuários ao longo dos meses que se seguiram. Tudo baseado no fato de que as pessoas agora eram obrigadas a baixar a solução caso quisessem conversar com os amigos.

Market share apps 2015 Nielsen

O domínio do Facebook lidera um mercado que não vem apresentando grandes modificações ao longo dos últimos anos. Assim como em 2014, o YouTube continuou na segunda colocação entre os aplicativos mais baixados pelos donos de smartphones e tablets, com 5% de crescimento e 97,6 milhões de usuários únicos mensais.

O Messenger subiu para a terceira posição, deixando para trás o software do Google, para pesquisas, e a loja online Google Play. Uma novidade na lista, entretanto, é o Apple Music, lançado no final de junho e que, em apenas um semestre, chegou à nona colocação na lista de softwares mais baixados do mundo.

O relatório da Nielsen trouxe também uma visão sobre a divisão entre sistemas operacionais nos Estados Unidos. Na terra de Tio Sam, o Android ainda é o soberano, com 52,6% dos usuários de smartphones, seguido pelo iOS, com 42,7%. Em terceiro está o Windows Phone, que registra distantes 2,8% de preferência.

Fonte: Nielsen

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.