Jovem do Acre transmite suicídio pelo Instagram; socorro chegou ao local errado

Por Redação | 27 de Julho de 2017 às 19h08

Na tarde de quarta-feira (26), a estudante Bruna Andressa Borges, de 19 anos, anunciou em seu Facebook que estava se sentindo deprimida, e, logo em seguida, transmitiu seu suicídio pelo Instagram. Os amigos da jovem, aluna do 3º período de Ciências Sociais na Universidade Federal do Acre (UFAC), chegaram a alertar o Corpo de Bombeiros, mas o socorro foi direcionado ao endereço errado.

No Facebook, as postagens que antecederam o trágico acontecimento diziam coisas como “a maior arma que o mundo criou foi o próprio ser humano”, e “lamento profundamente ter existido”. A moça também chegou a publicar um pedido de desculpa a seus amigos, dizendo que “eu quero viver, mas quero ser livre e feliz, porém, parece que não dá pra ser feliz tendo que agradar a todos e a si mesmo. Peço desculpas aos poucos que me restaram e que tanto me aconselharam, mas simplesmente não consigo".

Então, Bruna publicou um último texto em que perguntava a seus amigos da rede social: “Já viram alguém morrer ao vivo?”, quando, em seguida, iniciou uma transmissão pelo Instagram.

Facebook de Bruna Andressa Borges (Reprodução: Facebook)

Segundo o major dos Bombeiros, Cláudio Falcão, “os amigos ligaram para que nós pudéssemos contê-la, mas passaram o endereço errado, que era onde ela morava antes de ter se mudado. E, nesse local, ninguém sabia informar onde ela estava morando agora. Infelizmente, não chegamos a tempo de conter devido a esse desencontro”.

Fonte: G1

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.