Escritório do Twitter no Brasil agora é a sede da empresa na América Latina

Por Redação | 08.04.2015 às 10:13

O escritório brasileiro do Twitter vai passar a supervisionar toda a América Latina a partir desta quarta-feira (08). O atual diretor no país, Guilherme Ribenboim, assumirá a nova posição de vice-presidente para a região.

Em entrevista, Ribenboim diz que a operação consolidada vai permitir que um país não fale somente em nome do mercado local, mas de toda a sua região. "O anunciante não terá só um ponto de contato e a gente poderá ver qual a melhor estratégia para estender uma campanha para outros países", afirma.

Ao todo, serão quatro unidades da empresa para a América Latina, incluindo um novo escritório em Miami, que será responsável por lidar com agências de publicidade e outros assuntos comerciais. A Colômbia e o México também possuem uma unidade. Atualmente, o Twitter emprega 63 funcionários no Brasil.

O novo vice-presidente diz que a escolha do Brasil foi feita devido à quantidade de usuários. Apesar de não revelar números, ele garante que, no ano passado, essa base cresceu 25%. Ribenboim ainda diz que o país é o maior mercado em oportunidades e que ele tem o papel de influenciar estratégias regionais. "O mercado hispânico vê o executivo brasileiro como um executivo neutro", diz.

O novo vice-presidente para a América Latina também fala sobre a diferença do perfil de usuários do Twitter no Brasil e nos Estados Unidos: "Mesmo quando o brasileiro lida com a política, lida com bastante humor. Ele não tem essa pegada politicamente aguerrida com outros povos", comenta.

Ele finaliza dizendo que grande parte dos brasileiros usa a plataforma apenas para a leitura e afirma que o Twitter é mais do que uma rede social, é uma rede de informação e de conteúdo de interesse.

Fonte: Folha de S.Paulo