Controversa diretora do Twitter na China deixa empresa após oito meses

Por Redação | 02 de Janeiro de 2017 às 11h08

As baixas no time de executivos do Twitter continuam. Depois de o diretor de tecnologia (CTO), Adam Messinger, e o diretor de operações (COO), Adam Bain, deixarem a empresa nos últimos meses, agora a diretora-gerente do Twitter da Grande China, Kathy Chen, é a mais recente adição à lista.

Kathy Chen foi contratada há apenas oito meses, mas deixa a companhia após uma reestruturação na Ásia. Sua nomeação foi controversa quando se juntou ao Twitter em abril de 2016, por conta do seu emprego anterior e aparente associação ao governo, despertando preocupação na China.

Segundo um relatório do Quartz, Chen passou sete anos pesquisando defesa de mísseis no Exército Popular de Libertação e também serviu como CEO de uma joint venture do Ministério da Segurança Pública da China que se especializou em segurança e, potencialmente, vigilância.

Vale lembrar que na China, o Twitter é bloqueado mas, como o Facebook e outras empresas, ele atende a anunciantes no país que querem alcançar uma audiência global, e Chen encabeçou essa tarefa.

Em uma tweetstorm de 12 partes anunciando sua saída, ela alegou que o Twitter aumentou a receita de parceiros de publicidade chineses em cerca de 400% nos últimos dois anos. Chen acrescentou que o escritório de Twitter em Hong Kong permanecerá aberto, apesar de sua saída e relatórios anteriores de que seria fechado.

Sobre seus próximos planos de carreira, Chen disse que planeja descansar antes de olhar para "mais oportunidades de negócios internacionais" no futuro.

Fonte: TechCrunch

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.