2.500 contas do Twitter foram invadidas para publicação de conteúdo pornográfico

Por Redação | 27 de Maio de 2016 às 12h35
photo_camera Divulgação

Segundo uma pesquisa realizada pela Norton, especializada em segurança digital, mais de 2.500 contas do Twitter foram invadidas para promover sites de namoro e conteúdo adulto. As contas hackeadas tiveram suas fotos de perfis alteradas para imagens de mulheres em roupas e posições sensuais. A biografia e nomes também foram alterados para que os hackers pudessem compartilhar os links, e apenas o nome de usuário e os seguidores das contas foram mantidos.

Os hackers por trás das invasões recebem cerca de US$ 4 para cada usuário que redirecionam a estes sites. O objetivo é interagir com outros usuários, curtir tuítes e seguir novos perfis. Os criminosos também postam continuadamente fotos sensuais e links de vídeos gratuitos para levar outros usuários do microblog a se cadastrarem nos sites.

Twitter hackeado

Os links divulgados levam a uma landing page, que possibilitará identificar de onde o usuário foi redirecionado, e depois permitirá o acesso ao site adulto. A Norton acredita que tais sites utilizem algum programa de afiliados que incentiva a indicação pagando por cada usuário que se cadastra em sua base de internautas. Foi possível identificar que 73% das contas hackeadas tinham sido criadas há pelo menos 4 anos e a maioria delas estava abandonada pelos seus donos.

Para manter seu perfil protegido, é sempre aconselhável utilizar senhas únicas e complexas. Outra indicação é não clicar em links com endereços suspeitos, mesmo que tenha sido compartilhados por alguém que você conheça. Também é possível denunciar contas que foram comprometidas.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.