Botão de gratidão volta ao Facebook para o Dia das Mães

Por Redação | 12.05.2017 às 10:43 - atualizado em 12.05.2017 às 11:40

Chamou a atenção dos usuários de Facebook nesta quinta-feira (11) a volta do botão de “gratidão”. O ícone com uma flor roxa voltou a aparecer entre as reações possíveis para as postagens no começo da noite e já motivou uma série de postagens de usuários animados com a ação da rede social para o Dia das Mães.

O retorno do recurso é só uma das funcionalidades criadas para a data. Cartões virtuais também estão disponíveis e podem ser enviados diretamente para as mães por meio da rede social, permitindo a inclusão de fotos e mensagens personalizadas. As criações podem ser enviadas na linha do tempo, estando disponíveis para contatos e amigos, ou diretamente pelo Messenger, de forma privada.

O mesmo vale também para as máscaras e filtros disponíveis no aplicativo de conversas, que permite personalizar imagens e fotos de perfil. Bordas especiais e mensagens estão entre as opções de customização disponíveis, com os trabalhos podendo tanto serem colocados como temporários, com data de validade, ou permanentes, ficando salvos no álbum dos usuários.

O Instagram também ganhou adesivos e filtros comemorativos para o Dia das Mães. Imagens postadas nos perfis podem ser personalizadas com tais recursos, ficando permanentemente armazenadas, ao contrário dos Stories, que duram apenas 24 horas.

Por fim, nos Estados Unidos, o Facebook também permite que seus utilizadores façam uma doação em nome de suas mães para instituições como a WWF, o National Parks Service, a Meals on Wheels ou a American Civil Liberties Union. A ideia, aqui, é permitir que o dinheiro seja revertido de acordo com o posicionamento de cada usuário e também de seus familiares, com opções de proteção à vida selvagem ou de alimentação para os mais carentes, por exemplo. A ação, entretanto, é temporária e os recursos ficarão disponíveis até o dia 16 de maio.

Não estranhe o tamanho do foco do Facebook no Dia das Mães – em 2016, a data foi a de maior engajamento do ano para a plataforma, com nada menos do que 105,4 milhões de publicações, muitas, justamente, oriundas de recursos como os que a rede social trouxe de volta neste ano. O aspecto temporário também ajuda nesse quesito, já que a ideia é que os usuários utilizarão os recursos para poderem guardá-los para posteridade em seus perfis.

Fonte: Facebook