Após denúncias, empresa de moderação do Facebook abandona negócios

Por Wagner Wakka | 01 de Novembro de 2019 às 09h41
Unsplash
Tudo sobre

Facebook

Saiba tudo sobre Facebook

Ver mais

Por duas vezes neste ano reportagens do The Verge mostraram problemas de ambiente abusivo e más condições de trabalho em uma prestadora de serviços para o Facebook. A Cognizant oferece serviço terceirizado de moderação de conteúdos para a rede social. Depois de ambas matérias, a companhia disse que está saindo deste mercado.

As centenas de funcionários avaliam postagens que foram denunciadas no Facebook relativas a discurso de ódio, terrorismo e até pornografia infantil. São vários os relatos de problemas psicológicos causados por esse tipo de trabalho, sem que os trabalhadores tivessem amparo.

Em nota, a empresa informou que está abandonando o setor. “Nós determinamos que o trabalho com certos tipos de conteúdos em nossas práticas de operações digitais não estão de acordo com nossa visão estratégica para a companhia e pretendemos sair deste trabalho por hora. Este serviço é altamente focado em determinar se certo conteúdo viola padrões de clientes e envolve materiais condenáveis”, explica a companhia.

A companhia também informou ao The Verge que vai manter os contratos atuais, mas que não deve renovar nem adicionar parcerias em 2020.

A primeira matéria do veículo surgiu em fevereiro deste ano, falando sobre o trabalho da empresa em Phoenix. O site entrevistou uma série de pessoas que sofrem com estresse pós-traumático e foram demitidas por isso, além de terem sido ameaçadas por colegas de trabalho.

Em junho, o site soltou mais uma matéria, desta vez sobre o escritório em Tampa, cujo espaço era insalubre por si só. Ainda, há casos de pessoas que foram assediadas moral e sexualmente. Os dois lugares prestavam serviços para o Facebook, que prometeu acompanhar o caso de perto na época.

Segundo a nota da empresa, os trabalhadores que forem dispensados poderão passar por treinamentos para se adequarem a outros setores. Além disso, a Cognizant prometeu pagar os direitos de todos demitidos.

Do outro lado, o Facebook também informou que deve aumentar os investimentos no setor de moderação de sua plataforma.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.