Agora é possível receber notificações do Facebook através do Google Chrome

Por Redação | 15 de Setembro de 2015 às 11h42

O aplicativo do Facebook não é um dos mais eficientes do mundo. Além de ser pesado e consumir uma quantidade considerável de dados, em especial por causa do carregamento de vídeos e imagens, o app da maior rede social do mundo também não é tão rápido. Por isso, o Facebook ainda vê muitos usuários acessando a rede social através do navegador no endereço "m.facebook.com".

Considerando esses usuários, a rede social trabalhou em conjunto com o Google para oferecer a possibilidade de apresentar notificações através do Chrome. A partir de agora, o site utilizará a API do navegador de Mountain View para avisar todo mundo sobre o que anda acontecendo por lá.

Para ativar as notificações no Google Chrome, primeiro é necessário possuir a última versão do navegador instalada. Para verificar isso, basta ir até a Play Store e averiguar se existe alguma atualização para o seu aplicativo. Depois, basta acessar "m.facebook.com" do seu dispositivo móvel e entrar com a sua conta para que um pop-up apareça para você. Toque em "Permitir" e as notificações do Facebook para o Google Chrome já estarão ativas.

Facebook

Tanto para o Google como para o Facebook, essa é uma forma de conseguir que os usuários passem mais tempo conectados aos seus serviços. As notificações no browser da gigante das buscas farão com que os usuários, ao consultar o Facebook, acabem voltando para o navegador para checar suas notificações.

Vale lembrar também que as notificações no Google Chrome serão acompanhadas de um toque sonoro. Para Jonathan McKay, gerente de produtos do Facebook, a novidade vai melhorar a experiência de quem utiliza a versão móvel do site, visto que agora eles serão alertados sobre tudo que receberem no serviço e não mais precisarão checar de forma proativa a rede social.

Enquanto que nos países mais desenvolvidos os usuários utilizam o aplicativo do Facebook e Facebook Lite com maior frequência, os números revelam que nos mercados emergentes, onde as especificações dos smartphones não são tão potentes, a versão do site móvel da rede social é muito mais popular.

Fonte: Google, TechCrunch

Fonte: http://techcrunch.com/2015/09/14/facechrome/?ncid=rss#.nvjokp:Kwxs

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.