Ações do Twitter ficam abaixo do preço da IPO

Por Redação | 21.08.2015 às 09:27

Pela primeira vez as ações do Twitter caíram a ponto de serem cotadas abaixo do preço de sua Oferta Pública Inicial (IPO). Na ocasião, os papéis da empresa custavam US$ 26, mas nesta quinta-feira (20) elas apresentaram uma queda de 5,8% e foram cotadas em US$ 25,94.

As ações do Twitter foram abertas para negociação no dia 07 de novembro de 2013 e, em seu primeiro dia como uma empresa pública, os números apresentaram um ganho de mais de 70%, fechando em US$ 44,94. A máxima histórica do Twitter na Nasdaq foi atingida no dia 26 de dezembro de 2013, quando os papéis chegaram a ser negociados a US$ 73,31.

No mês passado, o cofundador e CEO interino Jack Dorsey disse, por meio de um anúncio de resultados, que a empresa de microblog estava enfrentando problemas crescentes com sua base de usuários. "Nossos resultados do segundo trimestre mostram bons progressos na monetização, mas não estamos satisfeitos com o crescimento do nosso público", declarou.

A empresa perdeu cerca de metade do seu valor em apenas quatro meses, desde abril. O aparente mau desempenho do serviço e as incertezas em torno da liderança da empresa após a renúncia do CEO Dick Costolo colaboram para a queda contínua das ações da companhia.

No entanto, os papéis ganharam um pequeno impulso na semana passada, quando um registro na Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos (da sigla em inglês, SEC) mostrou que Dorsey tinha comprado 31.627 ações da empresa. No entanto, a compra de Dorsey veio após ele ter vendido cerca de 400.000 ações nos últimos trimestres em meio à turbulência relacionada a Costolo.

Via CNBC