Vírus no Facebook atrai com falso resgate do avião da Malaysia Airlines

Por Redação | 18 de Março de 2014 às 19h00

Você abre seu Facebook e está lá: um link indica que o voo MH370 da Malaysia Airlines foi encontrado. Todos os seus tripulantes e passageiros foram resgatados com vida. Essa é, sem dúvidas, a notícia que o mundo mais espera ouvir nos últimos 10 dias, porém, ela infelizmente é falsa.

O vírus que circula no Facebook engana o usuário ao prometer informações exclusivas sobre o acidente, porém, os mais atentos já devem perceber logo de cara que tudo não passa de um código malicioso, feito com o objetivo de roubar informações e propagar ainda mais o golpe. Em alguns casos, os links indicam falsamente o endereço de sites de notícias como fonte, o que dificulta a identificação do vírus.

Ao clicar no link, o usuário é redirecionado a uma página que promete imagens exclusivas do avião. O link ainda complementa a mentira, dizendo que a aeronave foi encontrada no Triângulo das Bermudas. A área, também conhecida como Triângulo do Diabo, fica entre as Bermudas, Porto Rico e Fort Lauderdale, no estado norte-americano da Flórida, e ficou famosa entre as décadas de 40 e 90 pelos constantes sumiços de embarcações e aeronaves. No último século, foi registrado ali o sumiço de mais de 50 navios e 20 aviões, o que faz com que a falsa notícia chame ainda mais a atenção.

virus facebook

Vírus se camufla como link de sites confiáveis (Imagem: The Independent)

Após ganhar o clique do usuário, o código malicioso solicita acesso ao Facebook, o que possibilita a publicação de conteúdo sem o conhecimento do dono da conta – incluindo o próprio link malicioso. Depois de espalhar este link sem querer pela rede, o usuário recebe, automaticamente, a instalação de um plugin em seu navegador.

Esse complemento leva à máquina uma série de anúncios indesejados e pode coletar informações pessoais e dados bancários, enviando até mesmo as senhas digitadas para qualquer servidor determinado pelo hacker.

Por enquanto, o link só está sendo espalhado em inglês, mas não deve demorar até que adaptações apareçam, inclusive em português. Por isso, fique atento: caso você encontre em sua página alguma notícia que pareça surpreendente demais, não clique no link imediatamente. Procure a informação diretamente em portais de notícias. Se grandes noticiários internacionais ainda não falarem sobre o assunto, pode ter certeza que aquele link misterioso não vai trazer informações em primeira mão.

Cliquei... e agora?

Caso você já tenha caído no golpe, não se desespere: vá até a lista de permissões no painel de configurações do Facebook e retire todos os sistemas desconhecidos. Em seguida, desinstale qualquer plug-in existente em seu navegador ou programa instalado sem autorização em sua máquina. Se for preciso, troque a página inicial nas configurações do browser. Como garantia, elimine o atalho de seu navegador existente em barras de tarefas ou desktop e, por fim, faça uma varredura com um antivírus (clique aqui para fazer o download).

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.