Vídeo de sexo vaza na Internet e chefe do Partido Comunista chinês é expulso

Por Redação | 24 de Novembro de 2012 às 14h57

Lei Zhengfu, chefe do Partido Comunista em Chongqing, província que fica no sudoeste da China, foi demitido na última sexta-feira (23) devido a um vídeo em que ele aparece em cenas de sexo com uma mulher.

Segundo informações da Veja, as imagens do vídeo começaram a circular pelo Weibo, espécie de Twitter chinês, na última terça-feira (20). A demissão aconteceu após uma investigação que confirmou que era realmente Zhengfu quem aparecia no vídeo.

Em sua defesa, o membro do Partido Comunista chinês disse que tudo não se passava de uma falsificação. As imagens foram gravadas em 2007, mas apenas este ano começaram a circular pela web. O afastamento de Zhengfu do Partido foi parte dos procedimentos que estão adotando para reprimir abusos de poder, impunidade e corrupção.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

videochines_lei zhengfu

O caso mostra, mais uma vez, o poder das redes sociais (Imagem: Reprodução da Internet)

Mas Zhengfu não foi o único a se envolver em um escândalo desse tipo. Há cerca de um mês, o político chinês Bo Xilai também foi expulso do Partido ao ser acusado de manter relações sexuais impróprias com múltiplas mulheres.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.