Veja como o brasileiro Eduardo Saverin vendia anúncios no Facebook em 2004

Por Redação | 22.08.2012 às 13:34

Se hoje o dilema da rede social de Mark Zuckerberg é saber como monetizar o acesso de seus usuários via mobile, em 2004, no início das atividades do Facebook, as coisas eram bem diferentes. Quando a rede social ainda era focada apenas nos universitários americanos, Eduardo Saverin - o brasileiro por trás da criação do site - teve que correr atrás dos anunciantes para alavancar o, até então, TheFacebook.

Quem assistiu ao filme "A Rede Social" deve lembrar de quando Eduardo, que na época era diretor financeiro da empresa, foi até Nova York durante o verão para tentar buscar anunciantes. Na época os executivos eram céticos quanto ao sucesso da rede social, mas hoje a maioria deles briga para receber uma "curtida" em sua página no Facebook.

O site Digiday conseguiu ter acesso ao primeiro mídia kit apresentado aos pretensos anunciantes. Tudo era feito em Power Point e um tanto quanto... feio. O foco do site ainda eram os estudantes, e na apresentação Eduardo enfatizava a possibilidade de segmentação de público.

Na época, o valor para ter um anúncio da sua empresa estampado no TheFacebook era de cerca de US$ 80 mil. Confira as imagens escaneadas por um dos executivos presentes em uma das reuniões e nos diga se você investiria em um projeto com essa apresentação.

A equipe inicial do Facebook pode ter revolucionado criando a maior rede social, mas convenhamos que eles não eram muito criativos no quesito "chamar a atenção de anunciantes".