Um em cada quatro adolescentes conectados possui conta no Twitter

Por Redação | 22.05.2013 às 14:00

Sabemos que adolescentes são volúveis, afinal trata-se de uma fase de transformação e descobertas, e isso não é diferente quando o assunto é mídia social. As empresas enfrentam uma árdua tarefa na hora de tentar prever aquilo que será tendência entre esse público, já que elas podem mudar drasticamente e em pouco tempo sem muita explicação.

No final de 2012, por exemplo, cerca de 24% dos adolescentes conectados usavam o Twitter, marcando assim um aumento de 16% no uso da rede de microblog por esse público em relação a 2011. Um novo relatório do Pew Research Center relacionou "Adolescentes, mídias sociais e privacidade", para tentar entender melhor esse universo.

Como já era de se esperar, os adolescentes estão compartilhando mais informações sobre eles mesmos em seus perfis de mídia social do que em 2006, quando a Pew realizou a pesquisa pela última vez.

A postagem de fotos estilo autorretrato ficou no topo da lista das práticas mais comuns entre adolescentes nas redes sociais, com 91% dos entrevistados confirmando que o fazem. Postar o nome da escola (71%), da cidade onde vivem (71%), endereço de e-mail real (53%) e número de telefone celular (20%) também são práticas comuns atualmente.

Adolescentes no Twitter

O aumento do uso do Twitter entre adolescentes é particularmente interessante, já que apenas cerca de 16% dos adultos relatam utilizar a rede de microblog. O serviço é mais popular entre os adolescentes (39%), e tem mostrado um crescimento notável entre o público mais jovem desde 2009, quando apenas 9% dos adolescentes disseram utilizar a plataforma.

Outro comportamento curioso está relacionado à privacidade das mensagens postadas. Enquanto no Facebook a maior parte dos adolescentes mantém suas contas configuradas como privadas, no Twitter cerca de 64% deles definem seu perfil como público para que qualquer pessoa possa ver o que publicam. Algo preocupante é que 12% dos entrevistados relataram não saber se seus tweets são públicos ou privados.

Esses resultados foram obtidos por meio de uma pesquisa telefônica feita nos Estados unidos com 802 pais e 802 adolescentes com idade entre 12 e 17 anos, no período entre 26 de julho e 30 de setembro de 2012.