Twitter vai criar recursos para manter novos usuários na rede social

Por Redação | 13.11.2014 às 17:41

O Twitter quer ficar mais amigável e presente na vida dos internautas. Além de buscar novos seguidores, o microblog deseja manter os internautas conectados por mais tempo. Para isso, o presidente da rede social, Dick Costolo, anunciou nesta quarta-feira (12) mudanças significativas durante o primeiro Analyst Day da empresa. As informações são do CNET.

Os novos recursos vêm para superar as críticas e dúvidas de investidores, que recentemente começaram a questionar o quão grande o Twitter ainda poderia ser no mercado. "Acreditamos que será a combinação e o efeito cumulativo dessas mudanças impulsionarão o crescimento", diz Costolo.

As novidades ainda não têm muitos detalhes divulgados, mas mostram que os desenvolvedores estão de olho no feedback dos usuários. A primeira fará com que o Twitter facilite a vida de quem gosta de compartilhar vídeos. A rede social utilizará o suporte do Vine para gravar, editar e distribuir os registros de forma nativa. A expectativa é de que este recurso esteja disponível no primeiro semestre do próximo ano.

Outra mudança afeta diretamente a maneira como os usuários da rede social interagem entre si. O sistema de mensagens deve ser aproximar aos comunicadores instantâneos mais populares, como Messenger app do Facebook e o WhatsApp, facilitando o compartilhamento e discussão de tweets de forma privada via Mensagens Diretas.

Uma das grandes limitações do Twitter é a rapidez com que os conteúdos são postados, e muita informação acaba perdida pelo público que não está conectado em determinado momento. Pensando nisso, a empresa trabalha em uma ferramenta que direciona melhor informações relevantes para aquele usuário, baseadas nas pessoas que ele segue e no que ele clica enquanto utiliza a rede social.

Para encerrar a rodada de novidades, o Twitter também adiantou que será mais convidativo a novos cadastrados. A ideia é criar uma timeline instantânea que não exige conta ou um perfil que necessite ser alimentado. Assim, a empresa espera que mais pessoas passem mais tempo na rede social sem ter que necessariamente postar algo ou registrar uma credencial.

A apresentação animou os investidores, que elevaram as ações da Nasdaq de US$ 39,93 para US$ 42,55, com pico de US$ 42,85. A expressiva alta de 7,5% é bem superior aos discretos 0,85% do encerramento da terça (11) para a quarta (12).

O Twitter registrou 284 milhões de usuários no último trimestre e atualmente contabiliza 500 milhões de pessoas usando o microblog mensalmente, de acordo com números da própria empresa.

Fonte: http://www.cnet.com/news/twitters-users-base-keeps-growing-particularly-on-mobile-devices/