Twitter quer lançar plataforma de publicidade mobile

Por Redação | 28.03.2014 às 15:13
photo_camera Divulgação

O Twitter parece estar prestes a seguir os passos do Facebook e lançar seu próprio serviço de publicidade em plataformas móveis, voltado especificamente para desenvolvedores de aplicativos e jogos. A novidade, segundo informa o Bloomberg, implicaria na exibição de links patrocinados na linha do tempo dos usuários.

A novidade já estaria bem próxima de ser lançada e o Twitter já estaria em contato com eventuais parceiros e interessados em anunciar na plataforma. Foram justamente essas pessoas as responsáveis pelo vazamento, preferindo ficar no anonimato. De acordo com as fontes, o anúncio estaria marcado para acontecer bem em breve, mas o negócio como um todo ainda corre de maneira sigilosa.

Os testes, porém, já estariam ocorrendo há pelo menos algumas semanas e, de acordo com o Bloomberg, a plataforma estaria evoluindo de forma bastante rápida. Antes mesmo de entrar em pleno funcionamento, o sistema já estaria dando resultados tão bons quanto o do Facebook, com o custo de aquisição de usuários sendo reduzido em 75% pelo uso dos anúncios no Twitter.

A expectativa do Twitter é alavancar ainda mais os resultados para o atual ano fiscal, que já contam com uma expectativa bastante alta. Os analistas preveem que a rede social acumulará o dobro do que foi obtido no ano passado, chegando a um faturamento de US$ 1,2 bilhão, mesmo com uma redução no índice de novos usuários.

É justamente esse fator que está motivando uma série de mudanças na gestão da rede social, culminando no lançamento da plataforma de anúncios mobile. O site de microblogs quer aumentar a permanência dos usuários que já utilizam a rede e está fazendo isso de diversas maneiras. Um exemplo é a recente atualização de seu aplicativo para celulares, que permitiu a marcação de pessoas em fotos e a publicação de várias delas de uma só vez.

Cada vez mais, celulares, smartphones e tablets serão o foco da rede social que, desde seu início, pareceu feita especialmente para isso. As mensagens curtas e o compartilhamento rápido de informações caíram como uma luva no mundo mobile. Atualmente, cerca de 75% de toda a renda do Twitter vem dos dispositivos móveis e são eles os principais responsáveis pelo crescimento do número de usuários da plataforma.