Twitter lança timelines personalizadas para conquistar mais usuários

Por Redação | 14 de Novembro de 2013 às 12h42

Da primavera árabe à recente series finale de Breaking Bad, o Twitter sempre foi uma ótima ferramenta para fazer a cobertura de eventos e acontecimentos em tempo real. Nela, as pessoas podem montar uma estrutura de cobertura personalizada e comentarem sobre o assunto da forma que quiserem. Mas sempre houve um problema relacionado à organização dessas coberturas que a empresa, recém chegada à Bolsa, pretende resolver. Com informações da CNET.

Em recente entrevista concedida ao CBS Sunday Morning, o cofundador da ferramenta de microblog, Jack Dorsey, disse querer "alcançar cada pessoa do planeta" nos próximos 10 anos. É uma meta ousada, principalmente se o número de usuários ativos por mês no Twitter for comparado ao do Facebook: são 230 milhões de usuários do passarinho contra 1,2 bilhões da rede social. Com isso posto em mesa, fica claro que o Twitter ainda tem muito em que trabalhar até conquistar mais 7 bilhões de pessoas.

De acordo com o CEO da empresa, Dick Costolo, o desafio se torna ainda maior se os conceitos de hashtag, menções, DMs e retuítes forem levados em consideração. Ao mesmo tempo que esses conceitos ajudaram a tornar o Twitter único, também contribuíram para que ele se tornasse confuso e complicado à primeira vista. Com tantos tuítes aqui, comentários acolá e pensamentos soltos, tornou-se difícil organizar, ordenar e dizer com exatidão a que momento aquele tuíte se refere: cronologicamente, ele veio antes ou depois desse que está "aqui em cima"?

Esse problema parece estar para ser resolvido com a recém anunciada timeline personalizada. Como uma espécie de feed em que se adiciona somente o conteúdo que for interessante, o usuário agora tem a possibilidade de escolher e organizar cada tuíte que irá compor a linha e ainda ordená-la da forma que achar melhor, adicionando fotos e vídeos para ilustrá-la.

A ideia é que o novo recurso facilite a visualização e compartilhamento de histórias criadas no microblog. "Quando uma conversa sobre um evento ou tópico começar decolar no Twitter, você terá a oportunidade de criar uma timeline que terá os tuítes mais relevantes e dignos de nota", explicou Brian Ellin, gerente de produto do Twitter.

Inicialmente, as timelines personalizadas só poderão ser criadas através do aplicativo TweetDeck. Apesar da limitação, você pode espalhar suas histórias por aí compartilhando suas timelines por links ou incorporando-as a páginas da web.

Mesmo não sendo uma ideia original e inovadora (o Storify já faz isso há algum tempo), espera-se que o Twitter possa promover o recurso de forma coerente e alcançar mais usuários em busca da sua meta de mais de 7 bilhões de twitteiros até 2023.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.