Twitter divide funções de ex-COO entre dois executivos

Por Redação | 23.06.2014 às 08:50

No último dia 12 de junho, o Twitter anunciou oficialmente a saída de Ali Rowghani, seu diretor de operações. Na época, a empresa afirmou que a vaga permaneceria vazia, com os trabalhos do COO sendo divididos entre outros executivos de alto escalão da companhia. Agora, a rede de microblogs veio a público revelar exatamente quem ficará com tais responsabilidades.

Segundo reportagem publicada pela agência Reuters, agora as atribuições de Rowghani passam a ser compartilhadas entre o diretor de renda e parcerias, Adam Bain, e o gerente de marketing e relações com a mídia, Gabriel Stricker. O ex-COO também pode acabar dando uma força nesse sentido já que, a partir de agora, assume como consultor estratégico da companhia.

Rowghani era um dos principais responsáveis por fomentar o aumento no total de usuários da rede social, um aspecto que vem sendo visto como bastante problemático. A morosidade do fluxo de crescimento veio no pior momento possível, logo após a abertura de capital do Twitter na Bolsa de Valores, outro movimento capitaneado pelo antigo gerente de operações.

A saída do executivo, porém, não faz parte de um esforço para reestruturar a empresa e não significa sinais de problemas. O Twitter não confirmou exatamente os motivos para a saída de Rowghani, mas o crescimento estacionado da rede social, bem como a atitude de vender uma série de ações próprias na companhia logo depois do fim do bloqueio contra esse tipo de negociação, teriam sido fatores importantes na decisão.

Agora, o Twitter realiza todo um esforço focado no mercado de televisão, de forma a se tornar a opção óbvia para utilização de segunda tela durante grandes eventos esportivos, por exemplo. Aquisições nesse sentido já foram realizadas pela empresa, como é o caso da SnappyTV, e mais foco nesse tipo de uso será dado ao longo do tempo já que, consigo, vem também uma maior utilização da rede em dispositivos móveis.