Twitter anuncia Kevin Weil como novo responsável por produtos

Por Redação | 03.11.2014 às 15:02
photo_camera Divulgação

As mudanças no corpo executivo do Twitter são comuns. E a novidade é um novo nome para chefe de produtos, Kevin Weil. Essa é a segunda mudança no cargo desde novembro do ano passado e demostra um esforço constante da empresa para aprimorar suas ferramentas no site e aplicativo, o que não aconteceu com a velocidade esperada. As informações são do New York Times.

Weil vai substituir Daniel Graf, que continua na companhia, mas foi rebaixado de sua posição seis meses após a nomeação. Graf, ex-Google, foi contratado com alarde pelo Twitter e agora deve focar seu trabalho em iniciativas estratégicas, como recursos de geolocalização, mas vai manter o título de vice-presidente de produtos. Ele é o quinto chefe de produtos da rede social desde a criação da plataforma online.

Com 31 anos, Weil tem sido um dos responsáveis por produtos que geram os maiores lucros do Twitter, como publicidade, licenciamento de dados e serviços, e MoPub, a área de publicidade móvel. O executivo já é um veterano da empresa na qual ele começou como engenheiro de gestão, mas ganhou destaque mesmo na área de publicidade.

A equipe que ele vai comandar está acostumada com frequentes mudanças na chefia, numa tentativa do Twitter em dar um salto no seu número de usuários. Segundo fontes próximas, a equipe de produto sofreu com a indecisão de seus executivos devido a problemas na liderança do setor, além de uma paralisação por medo de que mudanças consideráveis pudessem ter reflexo negativo no IPO da empresa.

Com uma trajetória de crescimento dentro da empresa, Weil se tornou um dos funcionários de confiança do CEO, Dick Costolo, que está sob pressão dos acionistas por melhores resultados. O objetivo dos investidores é que o Twitter seja capaz de capturar um nicho de tecnologia mais esclarecido, não se limitando unicamente a um serviço mainstream. A empresa tem passado por dificuldades em fidelizar novos usuários, que acabam desistindo da rede social após não encontrarem informações desejadas tão facilmente.

Mudanças

Na última semana, os resultados financeiros do Twitter para o terceiro trimestre mostraram um crescimento de 4,8% de usuários, atingindo 284 milhões de internautas cadastrados em todo o mundo. No entanto, a expectativa do mercado é que o ritmo de crescimento passe por uma desaceleração.

O Twitter tem testado algumas mudanças para aprimorar o serviço, incluindo recursos como os previews de imagem e páginas de perfil redesenhadas. Contudo, as alterações não estão acontecendo na velocidade desejada por Costolo. Segundo o que ele afirmou aos investidores durante o anúncio dos resultados, o essencial agora é aumentar o ritmo de execução das novas implementações com um intervalo menor entre os testes das equipes e o lançamento oficial das tais mudanças.

Neste sentido, a promoção de Weil faz sentido, uma vez que ele foi responsável por promover atualizações na área de receita da empresa e as executou de forma rápida e sólida. Ele vai trabalhar mais próximo a Alex Roetter, vice-presidente de engenharia, área que foi reformulada em maio numa tentativa de tornar o setor mais veloz.

Weil, que está no Twitter desde 2009, é o executivo mais novo a se reportar diretamente ao CEO Dick Costolo, e terá de enfrentar a pressão de executivos para conseguir aplicar na equipe de produtos a mesma velocidade de execução que lhe deu destaque na companhia na equipe de receita de publicidade.

Entre as mudanças na gestão do Twitter que tiveram destaque este ano está a saída do diretor de operações, Ali Rowghani, e a contratação de Anthony Noto, ex-banqueiro do Goldman Sachs, como diretor financeiro. Recentemente, Jeremy Gordon, vice-presidente de engenharia do Twitter para o consumidor, e Adam Kinney, gerente sênior da área de análise interna do Twitter, se desligaram da empresa.

Fonte: http://www.nytimes.com/2014/10/31/technology/twitter-appoints-product-chief-replacing-one-named-6-months-ago.html?partner=rss&emc=rss&_r=1