Tendências e dicas para social media B2B em 2014

Por Redação | 03 de Dezembro de 2013 às 16h31

2014 está batendo à nossa porta e, com isso, os planejamentos para o próximo ano se intensificam cada vez mais. Se você ainda não fechou todo o orçamento para o ano que vem e ainda procura por boas estratégias para seguir, confira algumas dicas e tendências para negócios B2B nas redes sociais.

Marcas B2B devem melhorar a produção de conteúdo relevante

Geração de conteúdo por marcas não é algo novo e pode gerar bastante retorno, mas pouca gente ainda acredita nessa estratégia para atrair clientes. Segundo relatório do Content Marketing Institute, apenas 36% dos players B2B dizem ter resultados eficazes em marketing de conteúdo. Porém, a falta de sucesso do restante possivelmente diz mais respeito a problemas no planejamento de ações do que no marketing de conteúdo em si.

Para resolver isso, a tendência é que no próximo ano as marcas foquem na produção de conteúdo original, o que desperta a atenção do cliente e, ao mesmo tempo, agrega mais valor à marca.

Em 2014, é muito provável que as empresas busquem processos mais eficientes para a criação de conteúdo original e parte dele pode surgir em formatos ainda não tão explorados entre as marcas brasileiras, como o uso de ebooks e infográficos.

O Google+ pode se tornar uma ferramenta essencial

Embora o Google+ ainda não seja um grande sucesso entre os usuários, o Google está fazendo de tudo para emplacar de vez a sua rede social – e, ao que tudo indica, as estratégias da empresa podem ser eficazes a longo prazo.

Um estudo da eMarketer aponta que 70% das marcas contam com uma página no Google+, mas grande parte dos empresários e equipes de marketing não acredita na rede como uma forma importante de alcançar o público.

Mesmo que o Google+ não seja o favorito de seus clientes, é impossível ignorar o investimento pesado feito pela Gigante de Mountain View. É muito difícil que a empresa deixe o produto morrer. Além disso, o Google dá a cada dia mais relevância em seu mecanismo de buscas para conteúdos publicados dentro do Plus.

Por tudo isso, é essencial que você não deixe a rede de lado. Você pode encará-la como uma boa plataforma para amplificar ideias. O ideal é não apenas repetir o conteúdo de outras redes sociais, mas sim, pensar em elementos que tirem ao máximo o proveito do que o Plus tem a oferecer, como você vai ver a seguir.

Empresas devem criar estratégias diferentes para cada rede social

De nada adianta estar presente em todas as redes e apenas repetir o mesmo conteúdo em todas elas. A adaptação é o caminho mais fácil, mas dificilmente é a melhor ideia para uma marca.

Segundo uma pesquisa divulgada pelo Social Media Examiner, 49% dos comunicadores B2B dizem escolher o Facebook como melhor plataforma para estratégias de negócios, seguido pelo LinkedIn, com 16%. Porém, apenas 37% deles disseram que o Facebook é realmente eficiente em suas empresas.

Ao mesmo tempo, a maioria deles diz que consegue tirar ao máximo o proveito do LinkedIn em termos de ROI. Isso significa que, embora o LinkedIn não tenha o maior número de impressões ou cliques, ele demonstra um número de conversões muito mais expressivo.

Segundo Lizzie Maldonado, do Business2Community, embora para negócios B2B Facebook e Twitter fiquem para trás em termos de ROI, as plataformas devem ser trabalhadas conforme suas ferramentas e peculiaridades, garantindo mais atrativos para que as visualizações e cliques sejam convertidos em negócios.

É hora de levar as mídias sociais a sério

Um estudo recente da eMarketer indica que, no próximo ano, 88% das marcas devem estar presentes em meios de comunicação social em todo o mundo, algo que coloca as redes sociais em um patamar elevado na importância de investimentos.

Isso leva as marcas B2B a um momento crucial em que é necessário incorporar as estratégias de marketing digital com as estratégias globais de marketing. É a hora certa para ver que, muito mais do que um nível de engajamento alto e o elogio dos clientes, é necessário contar também ROI, cliques e impressões, mantendo o controle das mídias sociais lado a lado com outros investimentos em marketing digital.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.