Profissional de TI: 7 itens que fazem do LinkedIn uma rede social de sucesso

Profissional de TI: 7 itens que fazem do LinkedIn uma rede social de sucesso

Por Redação | 13 de Agosto de 2012 às 11h55

A rede social profissional LinkedIn apresentou na última quinta-feira (9) os resultados dos seus rendimentos no último trimestre, crescendo aproximadamente 7,3% no período. Mas o que torna o serviço tão atraente para os usuários e proporciona um notável crescimento?

LinkedIn computador

Os resultados positivos do último trimestre fiscal aumentam as expectativas a cerca do futuro do LinkedIn

A revista norte-americana Forbes analisou o LinkedIn e listou as sete características que tornaram a rede social um sucesso.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

1. LinkedIn gera audiência com um propósito

Qualquer rede social deve atrair novos usuários com um propósito. No caso do LinkedIn, o propósito profissional e de contatos tem gerado um aumento de 50% no número de usuários ativos em comparação ao último ano, atingindo a marca de 174 milhões.

E quanto mais as pessoas acessam o serviço e conversam com membros de um determinado ramo profissional, mais a base de dados da rede social aumenta, e a busca de funcionários pelo LinkedIn também cresce.

2. LinkedIn sabe exatamente como quer fazer dinheiro

No último trimestre, o departamento que mais cresceu na empresa foi o Hiring Solutions, que é responsável por ajudar recrutadores a encontrar o perfil do seu funcionário ideal através da rede social. O crescimento da divisão foi de 107% e hoje fatura US$ 122 milhões.

3. LinkedIn vê o crescimento do mercado móvel como uma boa oportunidade

Diferentemente de outras empresas, o LinkedIn considera que o mercado móvel e a introdução de ferramentas como Hiring Solutions para smartphones e tablets pode trazer muito mais lucro para a companhia do que os anúncios.

4. Equipe de vendas do LinkedIn está se tornando mais produtiva

O CFO do LinkedIn, Steve Sordello, afirmou que o número de contas corporativas na rede social aumentou para 12.053 no último ano. O número de acordos aumentou e a rotatividade das empresas também diminuiu no período.

As vendas no LinkedIn respondem por 57% de todas as reservas, aproximadamente dois pontos percentuais a mais do que o trimestre anterior.

5. Simplicidade indica conquistas constantes

A complexidade de sites como o LinkedIn pode comprometer o desempenho do serviço e muitas ferramentas acumuladas também podem sobrecarregar o usuário. Por isso, a empresa já afirmou que está desenvolvendo uma nova reestruturação para tornar o site mais acessível, o que garante o aumento do evenvolvimento dos usuários com o serviço.

6. LinkedIn está em constante expansão em grandes mercados

O LinkedIn afirma que a demanda é maior fora do seu país de origem. Eles fornecem produtos para empresas com 500 ou mais funcionários, contando com 70 a 80 mil companhias desse porte ao redor do mundo. Por enquanto, a empresa assinou apenas 12 mil contratos de prestações de serviço.

7. LinkedIn pode olhar para o futuro com precisão

Durante o anúncio dos seus ganhos, o LinkedIn aumentou sua orientação de renda anual para 2012 em 3%, de US$ 915 milhões para US$ 925 milhões. E também elevou sua estimativa de lucros para o ano em 9%, o que torna os analistas mais confiantes sobre o futuro da empresa.

Por outro lado, o Facebook não obteve aumento em suas orientações de lucro depois dos baixos rendimentos no último semestre e de suas ações na Bolsa de Valores.

Os itens listados acima são os principais motivos para o sucesso do LinkedIn e também pela rede social ter conquistado a confiança dos analistas, o que indica condições ideais para o sucesso de uma empresa de mídias sociais.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.