Twitter inicia a retirada do ar de mensagens com direitos autorais

Por Redação | 05 de Novembro de 2012 às 15h20

O Twitter anunciou nesta segunda-feira (5) que fez modificações em sua política para atender as solicitações de remoção de conteúdos protegidos por direitos autorais, com base na Lei de Direitos Digitais dos Estados Unidos. A partir de agora, a empresa não irá apenas deletar o conteúdo ilegal, mas irá substituí-lo por uma mensagem sobre a quebra dos direitos autorais.

As novas diretrizes da lei autoral norte-americana determinam em quais casos os usuários do Twitter infringiram suas regras e deverão ter o conteúdo protegido removido. O microblog, por sua vez, irá responder as denúncias de violação de direitos como em casos do uso de imagens de fundo ou de capa protegidas, explicando os motivos da remoção do conteúdo com o envio de uma mensagem ao usuário.

De acordo com IT News, o chefe do escritório de pesquisa da F-Secure, Mikko Hypponen, foi o primeiro usuário do Twitter a ter uma mensagem removida no último sábado (3). "Este tweet de @mikko foi substituído em resposta a uma denúncia do detentor dos direitos autorais", afirmava a mensagem no perfil de Hypponen.

Tweet removido Mikko Hypponen

A empresa afirmou que o conteúdo será removido e poderá ser restaurado mediante a apresentação de um argumento válido pelo usuário. E alguns pedidos de remoção de arquivos e conteúdos também são solicitados por ativistas dos direitos digitais como o Electronic Frontier Foundation.

Em janeiro deste ano, o Twitter publicou todos os pedidos de remoção de tweets, fotos e músicas que recebeu desde novembro de 2010. Ao todo, foram computadas 4.410 notificações, a maioria originária de empresas de mídia e estúdios musicais. Os tweets removidos incluíam links para sites onde os conteúdos eram distribuídos ilegalmente.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.