12/12/12, 12h: Papa Bento XVI envia sua primeira mensagem via Twitter

Por Redação | 12.12.2012 às 12:04
photo_camera Washington Post

O Papa Bento XVI, 85 anos, enviou sua primeira mensagem através do seu perfil pessoal no Twitter nesta quarta-feira (12), durante as celebrações do dia de Nossa Senhora de Guadalupe. A mensagem de paz do Sumo Pontífice foi publicada nesta manhã, exatamente às 12h de 12/12/12 (horário de Roma) e já conquistou mais de 29 mil retweets, na versão em inglês.

"Queridos amigos, é com alegria que entro em contato convosco via Twitter. Obrigado pela resposta generosa. De coração vos abençoo a todos", escreveu o representante máximo da Igreja Católica no microblog.

Para escrever sua primeira mensagem na rede social, um complexo esquema foi montado com a intenção de auxiliar o papa. Ele utilizou um iPad que estava em uma das principais salas do Vaticano, onde o Papa se reúne semanalmente com outros membros da Igreja, e foi acompanhado por um representante do próprio Twitter, Claire Díaz-Ortiz, por um membro do Conselho de Comunicação Pontifício e por dois estudantes do Conselho.

Segundo o Washington Post, a representante do Twitter passou uma semana em Roma para verificar se a operação iria acontecer da melhor forma possível e se a conta do Papa (@pontifex) iria ser um sucesso. O esforço da empresa não é à toa, já que eles planejam aumentar sua influência em meios como política e religião através de perfis de líderes dessas áreas.

O Vaticano afirmou que Bento XVI está utilizando o Twitter como mais um mecanismo de se aproximar dos mais de 1,2 bilhão de católicos espalhados ao redor do mundo. Para isso, o pontífice irá escrever suas mensagens em oito línguas diferentes, incluindo inglês, árabe, francês, italiano, português, alemão, polonês e espanhol.

Primeiro Tweet Papa Bento XVI

Ao longo deste primeiro dia na rede social, o Papa irá responder a perguntas feitas no microblog seguidas da hashtag #Askpontifex. Além disso, um representante do Vaticano também afirmou que todos os tweets papais - escritos pelo próprio Bento XVI - farão parte dos ensinamentos do catolicismo.

Os líderes religiosos costumam atrair muitos seguidores nas redes sociais. Somente o perfil em inglês do Papa conta com mais de 740 mil seguidores. A chegada do sumo pontífice à rede social também fez com que alguns líderes mundiais, como Shimon Peres, presidente de Israel, o enviasse uma mensagem de congratulação na rede social.