O duvidoso valor das "curtidas" em páginas do Facebook

Por Redação | 17 de Julho de 2012 às 22h30
Curtir_Facebook

Uma investigação realizada pela BBC apontou que muitas empresas estão perdendo dinheiro ao criar publicidade para tentar atingir um número alto de "curtidas" em suas fan-pages no Facebook.

Um especialista estudou algumas dessas páginas e percebeu que boa parte das contas que apertaram o botão "curtir" possuem informações falsas em seu perfil - os famosos fakes - ou seja, apesar de ter curtido a página da empresa, não quer dizer que tenha um interesse real por seus produtos. Aliás, a maioria delas funciona através de programas de computador apenas para espalhar spam.

A equipe do Facebook disse que não "evidenciou nenhum problema significativo" no que diz respeito a esse assunto, porém, no início deste ano, a rede social divulgou que cerca de 5 a 6% dos seus 901 milhões de perfis cadastrados são falsos, o que representa até 54 milhões de perfis.

Fato é que o Facebook faz dinheiro cada vez que um anúncio publicado na rede social leva a uma nova "curtida" na página da empresa que realizou a divulgação, mesmo que o ato tenha sido realizado por um perfil falso.

"Todas essas empresas têm acesso à análise do Facebook que lhes permitem ver as identidades das pessoas que curtiram suas páginas, mas isso não tem sido notado como um problema.", disse um representante do Facebook em resposta à BBC.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!