Monitoramento das redes sociais, ética e a responsabilidade do conhecimento

Por Colaborador externo | 30 de Julho de 2013 às 08h20

Por Rodrigo Arrigoni*

Após a explosão do Big Data, a aplicação da disciplina sobre o monitoramento e análise de dados das redes sociais e da web está em voga. No entanto, pouco se fala sobre a importância da ética e da responsabilidade do conhecimento adquirido neste processo.

O monitoramento das redes sociais, antes de ser um ganho capital, é uma ciência que utiliza a captação e a análise de dados públicos liberados na web pelos usuários de redes sociais e de ferramentas de publicação em geral. E, como ciência, deve sempre respeitar limites éticos aplicados na captação e análise de dados. A privacidade dos usuários nunca deve ser ferida e, claro, o estudo sobre os dados levantados nunca deve ir além das informações ali dispostas, com interpretações tendenciosas. A interpretação deve ser sempre e rigorosamente matemática.

Enquanto as empresas de pesquisa devem se responsabilizar principalmente pela privacidade do usuário e pela cuidadosa armazenagem dos dados, os consumidores destas informações processadas, geralmente outras empresas, devem se responsabilizar pelo conhecimento adquirido, acrescentando qualidade a seus produtos, serviços e atendimento ofertados aos seus usuários consumidores.

Pesquisas diretas apontam que os usuários não se incomodam com a captação informacional, uma vez que o processo seja revertido em ganho no relacionamento com as empresas. No entanto, um trabalho de conscientização sobre a interação na web ainda deve ser realizado e isso precisa ser considerado, principalmente pelo mercado e também pelos órgãos governamentais.

Os usuários devem adquirir consciência sobre a utilização e disponibilização de suas informações na web. Esse amadurecimento é favorável tanto às empresas de pesquisa, que trabalham com Big Data, quanto ao mercado informacional e aos consumidores destas informações. Pelo bem e a evolução da experiência de seus clientes e usuários.

*Rodrigo Arrigoni é sócio diretor da R18 – empresa especializada em social data analysis.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.