Modelo matemático prevê que Facebook vai perder 80% de seus usuários

Por Redação | 22 de Janeiro de 2014 às 15h29

Uma análise epidemiológica foi aplicada por pesquisadores da Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, para prever o comportamento de usuários de redes sociais. Os responsáveis pelo estudo usaram um modelo matemático de taxas de infecção e cura e chegaram à conclusão que o Facebook deve perder 80% de seus usuários nos próximos anos, seguindo um destino semelhante ao do MySpace.

Na pesquisa, a adoção de uma nova rede social é semelhante ao adoecimento, enquanto a cura é vista como o momento em que o usuário deixa de usar um serviço, seja por deletar seu perfil ou simplesmente interrompendo os acessos. Os sintomas são comparados às críticas feitas a novas funções do site ou ao grupo de pessoas e estilo de postagens que podem ser encontradas por lá.

A equação, então, é alimentada com dados e informações encontradas pela internet, vindas de notícias ou comunicados oficiais da rede social. O resultado foi a conclusão de que o Facebook passa hoje por seu pico de utilização e já começa a entrar em declínio, com uma queda no número de usuários que pode atingir 20% até dezembro de 2014.

Os números negativos continuam daí em diante, com a perda de mais e mais usuários até 2017, quando a rede social contará com 80% menos utilizadores em relação ao que é visto hoje. Os pesquisadores, claro, admitem que se trata apenas de teoria, mas como mostra o caso do MySpace, os números não mentem.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.