Siga o @canaltech no instagram

Instagram convida usuários para experimentar novos recursos; veja como testá-los

Por Redação | 21 de Janeiro de 2015 às 12h55
Tudo sobre

Instagram

Saiba tudo sobre Instagram

Ver mais

Usuários do Instagram poderão se inscrever para testar os novos recursos do app da rede social de imagens. Contudo, como informa o Venture Beat, a novidade está restrita aos donos dos aparelhos com Android.

O anúncio foi feito nesta terça-feira (20) pelo próprio Instagram, que convidou os usuários do sistema operacional do robô verde para testarem as novas funcionalidades do aplicativo antes delas serem liberadas para o público. O movimento aparentemente está relacionado ao grande número de usuários do sistema, já que a empresa admitiu esperar por um grande número de feedbacks sobre as novas ferramentas para saber o que realmente está funcionando.

Para fazer parte do grupo de testadores da nova versão do Instragram e substituir a versão atual do app para a beta, o usuário tem que estar disposto a enfrentar possíveis bugs e outros problemas típicos de fases de testes.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Se mesmo assim você estiver interessado, será necessário cumprir três passos para ter acesso a nova versão do Instagram:

  1. Inscreva-se no Grupo do Google
  2. Torne-se um Beta Tester
  3. Faça o download do programa

No terceiro passo, ao entrar no Google Play Store para fazer o download do aplicativo, automaticamente será disponibilizada a versão beta, mas só se você tiver seguido os dois passos anteriores.

Após ter o aplicativo beta instalado em seu aparelho, você poderá dar feedbacks para a empresa utilizando a opção “comunicar um problema”.

O Instagram é de propriedade do Facebook e tem se tornado mais comum na empresa a opção de convidar usuários para testar recursos antes deles serem liberados para o público. O objetivo é aumentar o número de feedbacks das ferramentas e só liberá-las em grande escala quando a versão estiver o mais próximo possível do ideal. Esse tipo de teste com usuários aconteceu em março passado com o Messenger, que foi liberado antecipadamente para usuários do Android testá-lo e dizer quais bugs ainda precisavam ser corrigidos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.