Google apoia a diversidade com nova forma de identificar gêneros no Google Plus

Por Redação | 11 de Dezembro de 2014 às 13h50

Em uma iniciativa para apoiar a diversidade de gêneros e satisfazer os usuários, o Google anunciou ontem uma importante mudança no processo de criação de novas contas em sua rede social, o Google Plus. A partir de agora será possível definir livremente o gênero do usuário, não se limitando às opções já existentes.

Funciona da seguinte forma: ao criar uma nova conta, na opção de gênero, além de poder escolher entre as já existentes opções "Masculino", "Feminino" e "Outro", haverá também a opção "Personalizado". Ao selecionar essa nova opção será exibido um simples campo de texto onde o usuário poderá digitar a sua definição de gênero, conforme desejar.

"Para muitas pessoas, identidade de gênero é algo muito mais complexo do que 'masculino' e 'feminino'. A partir de hoje, tenho orgulho de anunciar que o Google+ suportará uma quantidade infinita de formas de expressar identidade de gênero, oferecendo a opção de personalizar a maneira como seu gênero é representado no seu perfil", afirma Rachael Bennet, em nota publicada em seu perfil no Google Plus. Segundo ela, a novidade será liberada para todos os usuários novos e atuais, nos próximos dias.

Meses atrás o Facebook havia tomado iniciativa semelhante: motivados pela insatisfação da comunidade LGBT com relação às políticas de uso dessa rede social que vigoravam até então, Mark Zuckerberg anunciou em outubro passado medidas para flexibilizar as regras de uso, permitindo que os usuários possam utilizar livremente seus nomes artísticos (como nomes de drag queens, por exemplo) como nomes reais em seus perfis na rede.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.