Fundador do Twitter lança serviço de perguntas e respostas usando redes sociais

Por Redação | 08 de Janeiro de 2014 às 15h24

Nesta terça feira, dia 07 de janeiro, no fervor da CES 2014, um dos fundadores do Twitter, Biz Stone, anunciou sua nova startup que estava na moita por quase um ano, a Jelly.

A startup consiste de um sistema de perguntas e respostas baseado em imagens que funciona através de um aplicativo para Android e iOS, e que utiliza amigos do Facebook e Twitter para que você tenha suas dúvidas respondidas.

Jelly Pergunta

O sistema funciona assim: você posta uma pergunta, um amigo a visualiza e, se souber, responde, ou pode encaminhar para um dos próprios contatos.

A idéia dos fundadores é que a popularidade dos smartphones aliada ao grande poder de difusão de informações das redes sociais faça com que o aplicativo alavanque. Eles ainda pretendem utilizar o grande volume de dados a ser gerado para personalizar as buscas, segundo o blog da empresa.

O Jelly quer fazer com que as respostas postadas no serviço sirvam para compartilhar conhecimento, e não apenas informar. "Obter respostas de pessoas é muito diferente do que se obter informações de algum algoritmo", diz a equipe no anúncio.

O aplicativo não é o primeiro serviço deste tipo, com o clássico Yahoo Respostas sendo um dos principais. Também serviços grandes como o Bing, da Microsoft, e o próprio Facebook têm utilizado dados das redes sociais para dar mais contexto às buscas dos usuários. Mas o diferencial do Jelly é o fato de ele ser baseado em imagens – e são as próprias pessoas que gerarão as informações ou conhecimento, e não um algoritmo, como é o caso do Google Goggles, que também funciona com pesquisa de imagens.

O Jelly provavelmente será mais adequado para perguntas mais subjetivas, relacionadas a humor ou atividades. Por exemplo, um usuário posta uma foto de uma garrafa de uísque perguntando se aquilo faria mais mal do que bem para sua garganta inflamada.

Além de Stone, que é um dos fundadores do Twitter, a startup também contratou vários empresários de grandes empresas como o Facebook e a Apple, e também conseguiu financiamento por várias empresas de investimentos.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.