Funcionários revelam as piores coisas sobre trabalhar no Facebook

Por Redação | 04.09.2013 às 16:32

O Facebook é sempre citado pelo mercado como uma das melhores empresas do setor de tecnologia para se trabalhar, sem contar que os próprios funcionários da rede social também já colocaram a empresa no topo dessa lista. Entre uma série de outras coisas, o fato de seus estagiários ganharem US$ 25 mil dólares por ano a mais do que um cidadão norte-americano comum deve ajudar na classificação.

Mas, nem tudo são flores. Diversos engenheiros, desenvolvedores de software e funcionários (atuais e ex) anônimos divulgaram detalhes sobre as piores coisas sobre o trabalho no Facebook. Essas críticas foram reunidas pelo BusinessInsider por meio do site de perguntas e respostas Quora.

Vale ressaltar que essas são opiniões pessoais de um pequeno número de indivíduos, e que a maioria dos funcionários da rede social aparentemente continua bem satisfeita com seu emprego. Confira as reclamações da parcela insatisfeita de funcionários de Mark Zuckerberg:

1. "Durante seis semanas por ano eu fico de plantão 24 horas por dia"

Durante seus períodos de plantão obrigatório, os engenheiros da rede social precisam manter o serviço funcionando, haja o que houver. Keith Adams, engenheiro do Facebook, diz que precisa transportar e responder imediatamente um telefone onde possa ser encontrado 24 horas por dia nos 7 dias da semana – isso inclui deixá-lo ligado na cabeceira da cama enquanto dorme.

2. Vida pessoal X Vida profissional

"Na maioria das empresas, você coloca um muro entre sua personalidade no trabalho e sua vida pessoal, o que resulta em um ambiente de trabalho profissional", disse um engenheiro do Facebook que preferiu permanecer anônimo no Quora. Isso porque a cultura da rede social implicitamente incentiva os funcionários a "ser eles mesmos", o que, de acordo com o engenheiro, não permite que haja o profissionalismo encontrado em outras empresas.

3. "Não existe uma infraestrutura verdadeiramente funcional"

Os funcionários alegam que tentar descobrir como fazer coisas legais com uma equipe de 4 mil pessoas é muito mais difícil do que fazê-lo com uma equipe de 500 profissionais. Um funcionário que não quis se identificar disse que, por mais estranho que possa parecer, ele sente falta da burocracia – ausente devido ao rápido crescimento da empresa.

4. "Não reclame comigo sobre o Facebook só porque eu trabalho no Facebook"

A esposa de um ex-funcionário do Facebook disse que seu marido era sempre alvo de uma série de reclamações sobre o Facebook vindo de seus amigos e familiares, só porque ele foi contratado pela empresa. Ela diz que ele sempre era bombardeado com perguntas sobre como usar as configurações de privacidade e coisas do tipo.

5. "A completa falta de foco da minha equipe"

"No último dia do meu estágio, a equipe decidiu que não valia a pena reescrever completamente um projeto", confessou um ex-estagiário do Facebook, depois de passar todo o seu tempo na empresa redesenhando e codificando o referido projeto. "Se uma visão mais clara sobre o futuro do produto tivesse sido comunicada à equipe, eu acho que poderia ter feito muitas melhorias para ele, e impactado a empresa de uma forma mais positiva".

6. "Foi provavelmente a pior experiência profissional que tive até hoje"

"Eu estava muito infeliz com o meu gerente [no Facebook] e fui tratado muito mal como o administrador de uma equipe. Eu não tive orientação e nem apoio, e servi os dois piores líderes que eu já interagi até hoje". O dono dessa declaração não quis se identificar, mas parece que as coisas não deram muito certo em sua passagem pela empresa de Zuckerberg.

7. "Tive que realizar tarefas completamente inadequadas"

Mais uma resposta anônima no Quora sobre uma experiência ruim na rede social: "A equipe me tratou como um lixo e me pediram tarefas realmente inadequadas (ou seja, separar toda a roupa suja do diretor, incluindo suas cuecas sujas").

8. "Faltaram instruções"

Depois de ser colocado em um rigoroso plano de desempenho com 10 dias de duração, um ex-funcionário disse que sua equipe não se preocupou em lhe dar um feedback. "As instruções não estavam claras, tudo era um jogo de adivinhação, e eu fui imediatamente configurado para falhar", disse.

9. "Zuck e Sheryl com pose de 'santinhos'"

Referindo-se ao CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, e a Chefe de Operações (COO) da empresa, Sheryl Sandberg, um funcionário da rede social reclama que os dois passam tempo demais em "atividades extracurriculares" – entre as quais ele cita "copiar da concorrência". "Isto é como uma espécie de filme do Adam Sandler, onde ele é velho, mas quer agir como um adolescente", completou.

10. "Esqueça os alimentos e as bebidas – o local de trabalho é horrível"

"Quando você tem salas enormes cheias de filas e filas de mesas estilo piquenique com pessoas sentadas a uma distância de seis centímetros de separação, a privacidade é zero. Eu sinto muito...isso é como manter o gado no curral", disse outro funcionário anônimo.