Foursquare deixa o foco nos check-ins e parte para recomendações

Por André Fogaça | 26 de Março de 2012 às 18h00

O bem conhecido - e polêmico - serviço de check-ins Foursquare deve mudar seu foco. Além de permitir que você compartilhe sua localização, o app vai focar seus esforços para as recomendações de lugares bacanas.

Foursquare

Modo em que o Foursquare procura algo para você.

Este pensamento veio diretamente do fundador do Foursquare, Dennis Crowley. Segundo ele, as pessoas estão mais interessadas em descobrir onde estão seus amigos do que dar check-in ao entrar na cafeteria, por exemplo. Esta mudança, de acordo com o executivo, foi natural e o Foursquare vai acompanhá-la.

Hoje o Foursquare funciona assim: você entra em algum lugar, abre o app e depois dá um check-in. Mas há muito além do check-in, já que por meio do aplicativo você consegue pesquisar restaurantes, parques, postos de gasolina e outros. O resultado das pesquisas seguem com comentários de quem já foi lá e também se um deles é seu amigo.

Com base nestas informações extras, as pessoas acabam pensando em procurar um restaurante de comida mexicana no bairro e o check-in passa longe. Outro ponto que tem chamado a atenção dos usuários - até a minha - é que o serviço é uma ótima forma de encontrar seus amigos. Há ainda uma terceira parte por aqui, que são as promoções. Algumas empresas incluem algo para quem faz check-in no lugar, como descontos e outros.

Esta é a mudança que o CEO e fundador da empresa notou e é neste caminho que o app vai seguir. Teremos maior foco nas recomendações e comentários sobre os lugares, do que na novidade de que fulano chegou na padaria que vai toda manhã. Quem sabe, com esta mudança, encontremos mais promoções, não é?

Ah, falei sobre polêmico. O lado negativo do serviço é que com seus check-ins, você vive dizendo onde está, e isso pode não ser tão bacana assim.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.