Falsas mensagens sobre a tragédia de Boston viralizam nas redes sociais

Por Redação | 16.04.2013 às 17:56

Na última segunda-feira (15), fortes explosões causaram uma tragédia na chegada da Maratona de Boston, nos Estados Unidos, deixando mortos e feridos. Poucas horas após a notícia da tragédia, fraudes começaram a aparecer no Facebook e em outras redes sociais.

Conforme um alerta do site TechnologyTell, um dos casos envolve a imagem de uma garotinha correndo em uma maratona acompanhada de um texto dizendo que se tratava da criança morta durante o ataque. Não demorou para que as pessoas começassem a compartilhar a imagem e postar mensagens de revolta e solidariedade, mas bastava uma busca rápida no Google para perceber que não se passava de uma mentira.

A criança que faleceu devido ao ataque era um menino, e não uma menina como mostrava a imagem. Além disso, era preciso ser maior de 18 anos para participar da corrida. No caso real, o garoto que morreu durante o ataque estava aguardando seu pai na linha de chegada. Ou seja, a imagem de uma criança foi explorada por alguém que queria chamar a atenção por meio de uma tragédia, portanto os usuários não devem compartilhar essa falsa mensagem que circula na web.

Outro caso relatado de hoax relacionado ao caso de Boston gira em torno de uma fotografia que mostra um suposto criminoso no topo de um prédio na área do atentado pouco antes das explosões. A imagem está borrada e não há absolutamente nenhuma evidência de que a pessoa indicada na foto tenha algo a ver com o que aconteceu. Ou melhor, ninguém sabe ainda se há realmente uma pessoa na foto. O texto que acompanha a imagem pede que os usuários a compartilhem o mais rápido possível.

Vale lembrar que muitas pessoas - inclusive cibercriminosos - se aproveitam de grandes tragédias para aplicar golpes e fraudes nas redes sociais, já que as pessoas ficam mais propensas a querer ajudar ou matar a curiosidade a respeito dos fatos. Fique atento!

Hoax Boston