Facebook quer integração com a Internet das Coisas

Por Redação | 25 de Março de 2015 às 17h13

A Internet das Coisas, a conexão entre vários objetos do dia-a-dia, como os já presentes dispositivos vestíveis, está na mira do Facebook. A companhia apresentou nesta quarta-feira (25) um kit de desenvolvimento para o suporte de aparelhos domésticos ligados à web, como portas inteligentes e refrigeradores.

O anúncio foi feito durante a F8, conferência anual para desenvolvedores. O kit, com suporte para todos os tipos de aparelhos conectados à web, deve usar a estrutura do Parse, que já vem sendo utilizado pela rede social para a criação de aplicativos em ambiente móvel.

"No Parse, nossa paixão é facilitar as experiências dos desenvolvedores numa plataforma — incluindo sistemas que vão além do móvel. Destas plataformas, uma das mais empolgantes é a Internet das Coisas. Acreditamos que ligar mais dispositivos de hardware com a nuvem tem o potencial de mudar o mundo para melhor. Já estamos presenciando gadgets que agregam um enorme valor à vida das pessoas, a partir de dispositivos vestíveis que ajudam a dormir melhor e monitores de insulina que auxiliam pessoas com diabetes", diz o anúncio no blog da empresa.

FACEBOOK INTERNET DAS COISAS

Como um exemplo de uso, seria possível receber notificações na Linha do Tempo ou no comunicador instantâneo Messenger para verificar o status de portas inteligentes ou lâmpadas conectadas, assim como se a garagem está aberta ou se falta água num vaso de flor.

Um grande número de companhias interessadas na Internet das Coisas já utiliza o Parse. "A Chamberlain fabrica uma linha de portas de garagem inteligentes que interage com nosso REST API; a Milestone Sports produz o rastreador vestível de corridas Milestone Pod; e a Roost faz baterias inteligentes com detectores de fumaça. A partir dessas conversas, decidimos dar um passo adiante", comenta.

O esforço para posicionar o Parse como um back-end para trabalhar com a Internet das Coisas é semelhante ao que a Apple vem fazendo com o HomeKit e o Google vem tentando com o Android@Home, agora totalmente substituído pelo Nest.

Com a chegada em massa de mais dispositivos conectados no cotidiano dos consumidores, a corrida pela comunicação com a Internet das Coisas está em pleno andamento, e o anúncio do Facebook vem para reforçar esta tendência.

Fontes: Mashable, The Verge, blog do Parse.

Fonte: http://www.theverge.com/2015/3/25/8290217/facebook-parse-internet-of-things-iot-smart-devices

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.