Facebook lançará sistema para monitorar o que usuários andam assistindo na TV

Por Redação | 16.07.2014 às 13:25
photo_camera Divulgação

O Facebook anunciou nesta segunda-feira (14) que está juntando forças com a Nielsen para tentar compreender melhor os hábitos dos seus usuários quando eles estão assistindo televisão.

Segundo informações publicadas pelo Los Angeles Times, o acordo já começa a valer a partir do mês de setembro, quando o Facebook dará início à coleta de dados de todos os usuários assim que eles assistirem a qualquer programa televisivo em dispositivos móveis. Ao que tudo indica, a rede social vasculhará o perfil do espectador e enviará informações de sexo e idade para a Nielsen.

Renomada companhia de análise de audiência, a Nielsen acredita que a iniciativa será um "experimento inovador". "O mundo está mudando radicalmente e nós temos que acompanhá-lo com a maneira que capturamos e analisamos essa audiência cada vez mais fragmentada", disse Cheryl Idell, uma executiva de alto escalão da Nielsen, ao jornal californiano.

Como não poderia ser diferente, o anúncio provocou uma certa histeria nos mais preocupados com segurança e privacidade. Mas ambas as empresas garantiram que nenhum dos dados coletados e compartilhados entre elas é capaz de identificar o usuário ou o programa de TV que eles estão assistindo. "Tudo o que a Nielsen fará é receber sua idade e gênero, além de um código que identifica o que você está assistindo", disse Idell.

A rede social, por sua vez, fez questão de esclarecer que os dados serão coletados única e exclusivamente em dispositivos móveis que tenham o app do Facebook instalado. Portanto, não deve haver preocupação no sentido do Facebook estar monitorando aparelhos televisores ou receptores. Além disso, a empresa garantiu que toda a coleta será feita de forma transparente e que os dados não serão utilizados para oferecer quaisquer meios de publicidade online na rede social.

"Estamos trabalhando com a Nielsen sob rígidos princípios de privacidade", disse um porta-voz do Facebook ao LA Times. "Não acreditamos que o sistema de análise de audiência deva ser usado na elaboração de campanhas publicitárias no site. Elas serão usadas apenas para análise e é só", garantiu.

Apesar de todas as garantias, a rede criada por Mark Zuckerberg disse que não haverá nenhuma maneira de desligar o monitoramento nas configurações do app. Portanto, se você quiser evitar ser monitorado, esteja pronto para desinstalar o Facebook no seu tablet e smartphone já em setembro.

Confira algumas dicas para permanecer seguro no Facebook: