Facebook exclui imagem de perfil de revista por ser considerada machista

Por Redação | 30 de Novembro de 2012 às 15h07

O Facebook removeu nesta semana uma imagem considerada "machista" e "degradante" do perfil da revista Zoo Weekly, da Austrália. A revista postou a foto no dia 5 de outubro e o Advertising Standards Bureau, órgão regulador de propaganda no país, solicitou sua remoção.

A foto mostra o corpo de uma mulher de biquíni dividido em duas partes. Na postagem da revista, havia um texto em que solicitava que os usuários da rede social opinassem sobre a seguinte pergunta: "Esquerda ou direita? Mas você deve justificar sua decisão." A ideia da revista era saber qual parte do corpo feminino os homens preferem: seios ou bumbum.

Foto considera machista removida do Facebook

"A mulher (na imagem) aparece sexualizada e como se fosse um objeto", afirmou o órgão regulador de propaganda

"A imagem e a questão postada são pontualmente degradantes e inaceitáveis para as mulheres. A mulher (na imagem) aparece sexualizada e como se fosse um objeto", escreveu o órgão regulador em sua solicitação de remoção da foto.

O grupo ACP, responsável pela edição da revista, afirmou que considera equivocada a decisão de remover a imagem do Facebook, porque o órgão considerou o perfil da revista como uma "ferramenta de marketing". Além disso, a empresa alega que o conteúdo visava aumentar o engajamento dos fãs de sua página.

Também nesta semana, o Facebook removeu a foto de uma moça na banheira por ter confundido o cotovelo da jovem com um mamilo. Na verdade, a rede social caiu em uma pegadinha proposta pelos criadores do Tumblr 'Theories of the Deep Undestanding of Things', que visava testar os reguladores da empresa.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.