Facebook e Sebrae anunciam curso online para empreendedores

Por Redação | 27 de Março de 2014 às 15h45
TUDO SOBRE

Facebook

Apesar da recente política do Facebook de praticamente obrigar as empresas a pagarem para que suas publicações sejam vistas, muitas delas, principalmente as pequenas, ainda apostam na rede social como forma de divulgação de seus produtos. Pensando nesse público, o Facebook e o Sebrae anunciaram, nesta quarta-feira (26), uma parceria que visa capacitar mais de um milhão de empreendedores brasileiros para que aprendam a utilizar as redes sociais de forma mais eficiente.

De acordo com a Agência Sebrae de Notícias, o projeto vai contribuir para a inclusão digital das micro e pequenas empresas, além de apresentar as oportunidades e o potencial de geração de negócios do mundo online. O curso online será gratuito e é o primeiro do tipo a ser desenvolvido pelo Facebook no mundo. Totalmente em português, ele contará com uma espécie de jogo no qual os participantes aprenderão a utilizar o Facebook conforme atingem os seus objetivos de negócios.

Com essa nova empreitada, o Facebook espera conseguir, em um ano, a marca de um milhão de perfis de micro e pequenas empresas brasileiras. Dessa forma, anúncios que antes eram veiculados em plataformas do Google podem começar a migrar para a rede social de Mark Zuckerberg, uma vez que os empreendedores podem escolher pagar para que suas publicações ganhem destaque no Facebook.

PECHINCHAS, CUPONS, COISAS GRÁTIS? Participe do nosso GRUPO DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"A nossa parceria com o Sebrae será em quatro pilares. Um road show nas 12 cidades que sediarão a Copa do Mundo, participação nas 14 Feiras do Empreendedor do Sebrae, o curso online e o treinamento dos multiplicadores do Sebrae, que vão propagar o conhecimento entre os empresários", explicou Patrick Hruby, diretor do Facebook para o mercado de pequenas empresas da América Latina.

Para o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, as redes sociais atualmente são um lugar para negócios muito mais do que para relacionamento pessoal. Além disso, ele afirmou que o Sebrae não entrará com nenhum tipo de recurso na parceria, ficando tudo a cargo do Facebook. "O Sebrae está oferecendo apenas a rede e a estrutura", afirmou o presidente.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.