Facebook divulga resultados do trimestre: receita cresce, mas o prejuízo também

Por Redação | 26 de Julho de 2012 às 21h27

No primeiro balanço realizado após lançar suas ações na bolsa de valores, os resultados obtidos pelo Facebook não são muito animadores.

Segundo informações da Reuters, a receita gerada pela empresa de Mark Zuckerberg cresceu 32% em relação ao mesmo período do ano passado, o que significa que, neste segundo trimestre, gerou o equivalente a US$ 1,184 bilhão.

A notícia seria boa se a empresa não tivesse apresentado um prejuízo líquido de US$ 157 milhões - ou US$ 0,08 por ação - desde que abriu capital. Excluindo as compensações, a rede social teve um ganho de US$ 0,12 por ação. Lembrando que no dia 18 de maio de 2012, o Facebook se tornou a primeira companhia norte-americana a ter IPO (oferta pública inicial) avaliado em mais de US$ 100 bilhões.

Porém, esse boom inicial não durou muito tempo e a empresa acumulou quase 30% de perda em relação ao valor da oferta inicial. O motivo seria a preocupação dos investidores com a forte presença da rede social em aparelhos mobile, o que gera um potencial maior de lucratividade a longo prazo, e eles tinham pressa.

Os gastos com marketing para atrair publicidade também ajudaram a engordar o prejuízo. Em comparação com o mesmo período do ano passado, o salto dessas despesas foi de US$ 96 milhões para US$ 392 milhões.

Segundo este mesmo balanço divulgado hoje, até o mês de junho o Facebook possuía 955 milhões de usuários ativos, 54 milhões a mais do que a contagem realizada no final de março.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.