Facebook diminui ainda mais o alcance de postagens orgânicas

Por Redação | 17 de Novembro de 2014 às 17h04
Tudo sobre

Facebook

O Facebook anunciou na última sexta-feira (14) que vai começar a reduzir o alcance de postagens orgânicas, ou seja, não-pagas, que tiverem um conteúdo excessivamente promocional. As informações são do Advertising Age.

A nova dinâmica não será aplicada em todas as postagens de uma mesma marca, mas vai atingir as publicações que se encaixarem nos critérios da rede social em seus algoritmos e forem demasiadamente voltadas a induzir uma compra ou a instalação de um aplicativo para sorteio ou concurso, por exemplo. A rede social também pretende atingir marcas que reutilizam anúncios.

Segundo a empresa, a decisão foi tomada a partir de relatórios e entrevistas realizadas com usuários que alegaram que estão recebendo muitas mensagens promocionais de marcas na linha do tempo. Um porta-voz do Facebook afirmou que o algoritmo que vai analisar essas mensagens possui os mesmos critérios que avaliam as postagens publicitárias para os usuários e considerar informações como número de internautas atingidos e a quantidade de pessoas que interagem com aquele conteúdo.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

"Ao mesmo tempo em que páginas que postam conteúdo desse tipo terão uma significativa diminuição na entrega, a maioria das fan pages não serão impactadas com essa mudança", escreveu o Facebook em seu blog oficial.

Com a mudança, anunciantes pagos da rede social vão aumentar a demanda, compensando o menor alcance das publicações não pagas. No entanto, a rede social garantiu que os usuários não serão afetados com mais publicidade em seus feeds. Caso realmente seja visível um aumento da demanda sem crescer a oferta, é possível que os anunciantes do Facebook tenham que pagar mais pelo espaço na rede.

No terceiro semestre, o preço médio de um anúncio no Facebook apresentou um crescimento de 274% ano-sobre-ano, mesmo com uma queda de 56% sobre as impressões de anúncios que a rede social exibiu um ano antes.

Inicialmente o Facebook foi visto pelas empresas como uma forma de divulgação de seus serviços e produtos, mas a empresa cada vez mais forçou que os anunciantes migrassem para uma oferta paga de publicidade, com o alcance médio das postagens orgânicas com uma queda acentuada e já quase inexistente.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.