Facebook contrata diretor do PayPal para coordenar serviço de troca de mensagens

Por Redação | 10 de Junho de 2014 às 10h29

O Facebook está levando cada vez mais a sério seus projetos de troca de mensagens no segmento mobile. Mais uma prova disso é a contratação de David Marcus, ex-presidente do PayPal, para a posição de vice-presidente de produtos móveis, uma posição criada para incentivar o crescimento desse mercado e posicionar a rede social como líder no setor.

Após dois anos na diretoria do serviço de pagamentos digitais, Marcus assume o papel gerencial em julho e diz estar bastante empolgado com a nova empreitada. Em post no LinkedIn, ele diz estar ansioso para explorar novas áreas e conhecimentos, bem como trabalhar com uma das empresas de tecnologia que mais crescem no mundo.

Os elogios se estenderam também ao fundador Mark Zuckerberg, citado por Marcus como um conhecedor sem paralelos no que diz respeito ao engajamento do consumidor no mundo online. Zuckerberg, segundo ele, foi mais um dos motivos que o levaram a aceitar a indicação e deixar o PayPal em um momento importante para a empresa, pós-parceria com a Samsung e em meio a um grande fortalecimento no setor mobile.

Seria justamente essa a ideia do Facebook com a contratação. O site Digital Trends especula que a experiência de David Marcus será usada também para a aplicação de características comerciais aos aplicativos de mensagens. Essa ideia já possui um embrião atualmente na venda de stickers no Facebook Messenger e pode ser levada a novos patamares como uma maneira de ampliar o faturamento oriundo do setor mobile.

No quarto trimestre de 2013, a receita de celulares e tablets ultrapassou pela primeira vez o total obtido com o acesso “convencional”. Hoje, cerca de 53% de todo o faturamento do Facebook vem de dispositivos móveis. Sendo assim, nada mais justo do que esperar que a empresa aposte forte nesse quesito e aproveite todas as oportunidades que puder.

É esse tipo de mudança que levou o Facebook a, por exemplo, acabar com a função de mensagens de seu aplicativo principal nos celulares. Agora, quem quiser conversar com os amigos usando a rede social é obrigado a baixar o Messenger, um app próprio para esse fim que, claro, deseja competir com gente graúda no segmento.

Além disso, sempre devemos lembrar da compra do WhatsApp, por US$ 19 bilhões, e do lançamento iminente do Slingshot, um app de envio de fotos e vídeos com prazo de validade que é mais uma tentativa do Facebook para invadir o terreno do Snapchat.

No PayPal, pouco muda com a saída de Marcus. De acordo com o eBay, que é o controlador do serviço de pagamentos, John Donahoe, o atual CEO da corporação, passa a gerenciar as atividades até que um sucessor seja encontrado.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.