Facebook começa a implementar anúncios em vídeo

Por Redação | 14 de Março de 2014 às 11h38

Após três meses de testes, o Facebook anunciou que está começando a implementar sua nova categoria de propagandas: os comerciais em vídeo. O recurso, que será aplicado aos poucos e ao longo dos próximos meses, reproduzirá clipes automaticamente, mas sem som, em meio às publicações da linha do tempo.

Caso não esteja interessado, basta que o usuário continue rolando a tela para que a exibição seja interrompida e a navegação continue. Por outro lado, ao clicar no vídeo, o som e o modo de tela cheia são ativados para que o anúncio possa ser visualizado na íntegra. O modelo, que se chama Premium Video Ads, foi inspirado em comerciais de televisão e é uma tentativa da rede social de trazer anunciantes mais poderosos para o serviço.

Mesmo com os bem-sucedidos testes, a empresa já afirmou que estará monitorando a resposta dos usuários aos anúncios em vídeo. Além disso, o Facebook realizou uma parceria com a empresa de mídia Ace Metrix para analisar os comerciais a serem exibidos na rede. A ideia é vetar aqueles que não sejam adequados antes mesmo que eles apareçam na linha do tempo, já que o site não pretende modificar sua usabilidade em prol da nova categoria de publicidade.

A novidade vale tanto para a versão web quanto mobile da rede social e os anunciantes poderão escolher em qual modalidade exibirão suas propagandas. Informações não oficiais publicadas pelo site CNET sugerem que o espaço custará de US$ 1 milhão a US$ 2,5 milhões por dia, um valor que deve atrair grandes empresas e melhorar a imagem do Facebook junto a esse mercado.

Como sempre acontece com mudanças do tipo, ela será aplicada aos poucos. Usuários americanos serão os primeiros a visualizar as propagandas na linha do tempo e, ao longo dos próximos meses, os anúncios começarão a se tornar mais frequentes até estarem disponíveis para todos que possuem cadastro na rede.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.