Evite vexames no Facebook com essas 5 dicas de etiqueta para a rede social

Por Redação
photo_camera Reprodução

Há certos momentos do ano em que o Facebook e praticamente todas as redes sociais se enchem de publicações indiscretas, fotos ou discussões sobre tópicos que todos deveriam evitar. E este momento de eleições por qual nós brasileiros passamos é um deles.

Tendo em vista isso, as dicas do site AllFacebook caem como uma luva principalmente para aqueles que querem evitar confusões e mal entendidos e seguir a chamada "netiqueta". Algumas delas são bem óbvias e são direcionados na maioria das vezes para líderes corporativos que se aventuram pelas redes sociais sem muita responsabilidade.

De toda forma, vale a pena dar uma conferida nos conselhos:

1. Não discuta política e religião

A não ser que sua profissão seja criar confusão, é bom evitar iniciar discussões que envolvam política e religião. Se você ocupar um cargo de importância em uma empresa então, é bom nem pensar em comentar qualquer coisa relacionada a isso.

Debates dessa natureza não só são pouco profissionais, como também podem parecer ofensivos e causar uma má impressão sobre você e sua companhia. Fala-se que é melhor deixar algumas coisas não ditas e estes dois assuntos fazem parte dessas "coisas".

Embora seja um espaço livre, também há limites para a discussão de certos temas nas redes sociais. Evite-as principalmente se você ocupar um cargo de importância.

Embora seja um espaço livre, também há limites para a discussão de certos temas nas redes sociais. Evite-as principalmente se você ocupar um cargo de importância (Imagem: Reprodução)

2. Evite tirar selfies todos os dias

As selfies se tornaram uma febre tão grande que estudos recentes apontam que sua prática pode até mesmo destruir nossa memória. Independentemente disso, se você é um executivo de importância de sua empresa, nem pense em sacar seu smartphone para publicar autorretratos todos os dias.

De acordo com Mary C. Long, Chief Ghost da Digital Media Ghost, a prática na certa levará os mais descuidados à demissão. Pense que você tem uma imagem a preservar e tirar selfies todos os dias certamente não te ajudará com isso.

3. Cuidado com curtidas equivocadas

Esta é uma verdade de que pouquíssimas pessoas conseguem escapar: aqui e acolá você irá curtir algum conteúdo inadequado ou de natureza duvidosa. Não importa o que seja, o fato é que quem está de olho em você certamente começará a traçar seu perfil pessoal a partir de suas ações no Facebook.

Portanto, esteja sempre atento ao que você anda curtindo para que isso não acabe manchando sua imagem principalmente como profissional.

4. Publicações longas geralmente causam arrependimento

Não importa sobre o que sejam, geralmente publicações longas repelem pessoas. Para piorar as coisas, são esses tipos de publicação que mais causam arrependimento, e muita gente acaba optando por deletá-lo depois de algum tempo.

Embora a prática não configure nenhum crime, ela gera desconfiança principalmente em quem retorna ao seu perfil para conferir o que ficou faltando ler e acaba descobrindo que aquilo não existe mais. Se você tem dúvidas sobre se esse conteúdo do tipo "querido diário" lhe causará arrependimento, então nem pense em publicá-lo.

E nunca se esqueça: há sempre alguém que pode ter tirado uma screenshot do que você escreveu e depois sair mostrando para todo mundo. Fique esperto!

5. Publicação automática do Twitter, não!

Quando surgiu a possibilidade de sincronizar o Twitter com o Facebook, muitos resolveram aderir à ideia, inclusive grandes empresas. Contudo, com o tempo a prática passou a ser vista com maus olhos não só por especialistas em mídias sociais, mas também pelo público consumidor.

O problema é que ninguém quer saber o que você anda tuitando quando te segue apenas no Facebook. Tampouco o que você retuíta ou quem você anda marcando por lá, o que não faz sentido algum na rede social. Esse é o tipo de coisa que só faz sentido no Twitter e deve ficar lá.

Portanto, se você tem sua conta na rede de microblogs conectada à rede social, desconecta-a agora e evite dores de cabeça futuras.

Leia também: Aprenda a ocultar seu perfil no Facebook para sites de busca

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.