Estudo: 80% dos compartilhamentos na internet são feitos no Facebook

Por Redação | 11 de Setembro de 2014 às 16h55

O Facebook tem realmente dominado entre as redes sociais e se tornado um dos principais meios de compartilhamento e divulgação de conteúdo da internet. Desde sua popularização, a rede social de Mark Zuckerberg tem sido a plataforma preferida entre a maioria dos internautas na hora de compartilhar o que encontraram de interessante na web.

Esse é o resultado de um estudo realizado pela Contently e a BuzzSumo. A pesquisa analisou 1 milhão de artigos, sendo eles os mais compartilhados nas redes sociais nos primeiros 6 meses de 2014. A conclusão foi que mais de 81,9% dos 2,6 bilhões de compartilhamentos aconteceram no Facebook. Para efeito de comparação, o Twitter, o segundo colocado no estudo, obteve um número 10 vezes menor, aparecendo com 8,6% dos compartilhamentos. Logo em seguida aparece o Google+, com 4,3%, superando o Pinterest (3%) e o LinkedIn (2,2%).

A análise da pesquisa ainda revela que esses 2,6 bilhões de compartilhamentos gerados pelos artigos analisados mostram que as plataformas que mais geram engajamento são, em ordem: Facebook, Twitter, Google+, Pinterest e LinkedIn. Essa sequência discorda de um outro estudo realizado pela Pew Research, que mostra que nem sempre o tamanho das redes sociais define o tamanho do seu engajamento. Segundo a pesquisa, Facebook, LinkedIn, Pinterest e Twitter seriam as redes sociais, nesta ordem, a gerar o maior número de engajamentos.

Com base no volume de ações em relação ao tamanho da rede, foi possível notar que os usuários do Twitter parecem ser mais participativos do que os usuários do LinkedIn, por exemplo.

O levantamento da Contently e da BuzzSumo ainda revela informações bastante curiosas sobre o que está sendo compartilhado em cada uma das redes sociais analisadas. Ao aplicar o API Alchemy para verificar os artigos, opiniões e comentários, foram descobertas algumas preferências emocionais distintas em cada plataforma.

O Pinterest e o LinkedIn são os serviços que compartilharam um número maior de artigos redigidos em tom mais positivo do que comparado aos artigos escritos em tom neutro ou negativo. O Facebook, por outro lado, foi a rede social que mais obteve compartilhamentos de artigos neutros ou escritos de maneira negativa. Twitter e Google+ tiveram números bastante próximos de compartilhamento de artigos com tons negativos e positivos.

Gráfico de compartilhamento

Fonte: http://www.bluebus.com.br/mais-de-80-dos-compartilhamentos-sociais-acontecem-facebook/

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.