Alemanha alega que o Facebook está violando a privacidade dos usuários

Por Redação | 08 de Janeiro de 2013 às 08h30
Tudo sobre

Facebook

Uma agência de proteção de dados da Alemanha ameaçou multar o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, em 20 mil euros (cerca de R$ 53 mil) caso sua rede social não permita que os moradores do país utilizem contas anônimas.

Thilo Weichert, comissário de proteção de dados do estado alemão Schleswig-Holstein, enviou cartas para a Califórnia destinadas a Zuckerberg e também para o escritório do Facebook em Dublin (Irlanda), dizendo que as atuais regras da rede social violam a lei alemã ao exigir que os usuários forneçam suas identidades.

Segundo informações divulgadas pelo britânico The Guardian, a lei na Alemanha diz que os serviços de mídia, incluindo o Facebook, devem oferecer aos usuários a opção de usar um pseudônimo em vez do seu nome verdadeiro. O jornal ressalta que especialistas na área de proteção de dados acham muito improvável que o Facebook mude seu modelo de negócio para se adequar às leis de um determinado país.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Temos o direito de impedir esta violação da proteção de dados. Teoricamente, podemos pedir o bloqueio do site, mas seria desproporcional", afirmou Weichert.

Weichert disse que o Facebook havia pedido proteção legal na corte administrativa em Schleswig-Holstein, mas não houve mudança de posição por parte da rede social, que se mantém firme na decisão de que os usuários devem usar seus verdadeiros nomes.

Mas essa não é a primeira vez que a Alemanha entra em conflito com o site de Zuckerberg. Em 2011, por exemplo, o próprio estado de Schleswig-Holstein resolveu proibir empresas e organizações locais de utilizar o botão 'Curtir' do Facebook, alegando que essa era uma maneira de monitorar os usuários.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.