Escapou! Facebook vaza novidades como plataforma Messenger e Teleportation

Por Redação | 25.03.2015 às 14:20
photo_camera Divulgação

Apesar de o evento do Facebook estar agendado para daqui a pouco, as novidades que a empresa deve apresentar durante o F8 parecem ter escapado um pouco antes da hora. E o mais curioso é que o vazamento foi feito pela própria companhia a partir de um pequeno deslize interno.

Quem possuía o aplicativo da conferência instalado em seu smartphone recebeu uma estranha notificação nesta quarta-feira (25). A mensagem, enviada antes da hora, era como uma recapitulação do conteúdo apresentado por Mark Zuckerberg e sua equipe e, portanto, entregou muitas das surpresas que estavam reservadas para o show.

E, dentre as várias novidades listadas, a que mais chama a atenção é a transformação do Messenger em plataforma. Isso significa que devemos ver a rede social decida expandindo a área de atuação de seu mensageiro instantâneo, abrindo-o para que desenvolvedores tragam mais funções além de simplesmente enviar mensagens e emoticons.

Se isso se confirmar, o Facebook dá mais um passo para tornar seu serviço de bate-papo ainda mais competitivo e plural. Levando em consideração essas novas adições e o próprio alcance monstruoso que ele possui, não é difícil imaginar que as demais empresas terão de suar muito para alcançar Zuckerberg.

Outras novidades

Outro conteúdo oriundo do vazamento que chamou a atenção é o "Parse para internet das coisas". Com este tipo de tecnologia ganhando cada vez mais corpo, é natural que a empresa já esteja visando formas de atuar nesse tipo de plataforma. O ponto é que o alerta do F8 não traz nada que nos ajude a visualizar o que está vindo aí.

O mesmo acontece com a misteriosa "Estação de Teletransporte". Tudo bem que estamos em 2015, ano em que Marty McFly chega e vê um mundo ultratecnológico em De Volta Para o Futuro 2, mas não há nada existente que se aproxime do que foi descrito. Isso faz com que tudo se transforme em uma grande incógnita.

Por outro lado, o mistério ajuda a fomentar a especulação. Será algo relacionado à Oculus VR, empresa adquirida pelo Facebook no ano passado? Ou algo ainda mais mirabolante? O lado bom é que não será preciso esperar muito para descobrir.

Via Mashable