Em um ano, Instagram passará a exibir anúncios

Por Redação | 10 de Setembro de 2013 às 12h00

A rede social de compartilhamento de fotos Instagram passará a exibir anúncios dentro de um ano. A empresa foi comprada pela Facebook por US$ 1 bilhão em abril do ano passado, de acordo com uma reportagem do The Wall Street Journal. Desde então, o principal objetivo foi captar a maior base de usuários possível. O Instagram divulgou no último domingo (08/09) que atingiu a marca de 150 milhões de usuários ativos mensalmente, sendo que 60% das contas registradas são de fora dos EUA.

A executiva Emily White saiu do Facebook para assumir o cargo de chefe de operações (COO) da empresa de fotografias, apesar do cofundador do Instagram, Kevin Systrom, ainda ter a palavra final sobre qual caminho tomar. "Nós queremos ganhar dinheiro a longo prazo, mas não temos qualquer pressão no curto prazo", disse a executiva.

Segundo a reportagem, anunciantes já tem sido sondados. O WSJ informou na semana passada que entre os clientes da companhia estariam Ford e Coca-Cola.

No ano passado, a tentativa de mudar os termos de uso do aplicativo gerou polêmica: a ideia seria a de que o Instagram poderia usar gratuitamente e sem aviso prévio as fotografias de usuários para fins comerciais, ou seja, para propaganda. Após os protestos na web, o documento foi reformulado e a empresa voltou atrás na proposta.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.